INDICADORES QUÍMICOS DO SOLO SOB DIFERENTES USOS E MANEJO NO LOTE 31 DO PROJETO DE ASSENTAMENTO VENEZA NO SUDESTE DO PARÁ

Kalyne Rosa da Silva, Elayne Theresa Oliveira Pontes Amaral, Andressa Nunes de Oliveira, Andrea Hentz de Mello, Gustavo Ferreira de Oliveira

Resumo


RESUMO: O objetivo deste trabalho, foi avaliar os componentes químicos do solo e seus principais indicadores, a fim de identificar o potencial produtivo e a capacidade de suprir as necessidades de seus sistemas no lote 31 do Projeto do Assentamento Veneza no Sudeste do Pará. O trabalho foi realizado no projeto de Assentamento Veneza no lote 31, Município de São Domingos do Araguaia-PA. Para as análises de solo foram coletadas amostras de solos das áreas de pastos 1 e 2, e área de capoeira que se localizavam próximo ao pasto 3. Para caracterização dos indicadores químicos do solo foram retiradas 15 amostras simples em cada área, as amostras simples foram reunidas e misturadas, formando uma amostra composta. Após homogeneização, as mesmas foram encaminhas para o laboratório, para realização das análises químicas de interesse. As análises feitas compreenderam as determinações de pH em água e dos teores de Al, Ca, Mg, H+Al, bem como os cálculos pertinentes para a obtenção dos índices, SB e V%. pH do pasto 1 e da área de capoeira apresentaram valores de 5,7 e 5,3 respectivamente, logo não apresentam diferenças entre suas amostras, ambos são considerados agronomicamente de acidez média já que apresentam pH entre 5,1 - 6,0. O pasto 2 o pH apresentou acidez elevada em comparação com as outras áreas avaliadas com 4,9.  A área do pasto 2 foi a que apresentou menores valores da qualidade química, além de ter acidez elevada obtém o menor teor de matéria orgânica.


PALAVRAS-CHAVE: Acidez do solo, Manejo, Pastagem. 


Texto completo:

PDF


ISSN online 2318-0188