Cabeçalho da página

“BABADOS, XOTES E XAXADOS”: NOTAS SOBRE FESTA, RITUAL E MARCADORES SOCIAIS DA DIFERENÇA NA QUADRA JUNINA DE BELÉM

Rafael da Silva Noleto

Resumo

Este é um texto introdutório, que apresenta pesquisa mais ampla, sobre o protagonismo de homossexuais, travestis e transexuais no São João de Belém. Apresento o contexto (especialmente os concursos de quadrilha e de miss), desenhando os contornos da participação desses sujeitos no âmbito dos certames juninos de dança e beleza. Posteriormente, elaboro
uma discussão sobre como a antropologia dos rituais é relevante para entender a emergência de identidades sexuais e de gênero em contextos ritualizados como os concursos juninos. Tento formular uma crítica que destaca distâncias recíprocas entre os estudos sobre culturas populares e os estudos de gênero e sexualidade.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v8i1.4731

© Direitos reservados à Amazônica - Revista de Antropologia
This is an open access website under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Comercial License.
Designed by: Leonardo Baima
Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.