Cabeçalho da página

Suriname: mosaico étnico e invenção da nação

John da Silva Araujo

Resumo


O presente artigo aborda a complexa sociedade surinamesa, marcada pelo histórico de imigração e pelo mito nacional da união de povos de origens diversas: Índia, China, Indonésia, África, Europa e América. Partindo do conceito de que uma nação é o conjunto de seres humanos que vive num mesmo território, constituindo uma comunidade política, com origem, história, cultura, tradições e, às vezes, língua comuns, pondero que, excetuando-se o território e a política, o Suriname não apresenta tais características. Analiso, então, as intricadas relações entre os grupos étnico-culturais, a pretensa harmonia entre eles, e o mito de constituição da nação


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v8i2.5059

© Direitos reservados à Amazônica - Revista de Antropologia
This is an open access website under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Comercial License.
Designed by: Leonardo Baima
Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.