JUVENTUDE E EDUCAÇÃO: A VIOLÊNCIA NA ESCOLA - UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

Luani GLÓRIA, Dennis LEITE, Robson GOMES, Maria José ROSÁRIO

Resumo


A violência dentro das instituições de ensino, seja ele público ou privado, tem preocupado o poder público e toda sociedade, principalmente, pela forma como esta tem se configurado. Os conflitos e violência sempre existiram, sobretudo, dentro do âmbito escolar, que é um ambiente social em que os indivíduos estão aprendendo a conviver com as diferenças e viver em sociedade. Entretanto, o ambiente escolar vem sendo destacado por se tornar cenário de diferentes formas de violência que interferem no trabalho de aprendizagem criando uma linha tênue entre o trabalho educativo e a construção do medo interferindo nas condições de vida que estes indivíduos vítima da violência possuem fora da escola. Tal temática é debatida e pesquisada pelo mundo inteiro por conta da gravidade e frequência em que se repete no cotidiano. A violência sofrida ou praticada dentro do âmbito escolar possui inúmeras formas de manifestação e tem levado consigo fortes influencias para a sociedade de modo geral. As agressões psicológicas são as mais sofridas, seguindo de pequenos delitos, ameaças e destruição de objetos pessoais. Estudos indicam que a violência pode ser classificada de duas maneiras através da incivilidade e da violência simbólica, onde diferentes áreas de conhecimento e pesquisa colocam em foco suas investigações acerca deste assunto tão debatido, onde encontra-se o interesse em entender os contornos e processos que desencadeiam sua manifestação.

Texto completo:

PDF

Referências


BORDIEU, Pierre. Escritos de Educação. Petrópolis: Vozes, 1998.

CAVALCANTI, A. L. Lesões do complexo maxilofacial em vítimas de violência no ambiente escolar. Ciência & Saúde Coletiva, vol. 14, n° 5. Rio de Janeiro, 2009.

CHARLOT, B. A violência na escola: como os sociólogos franceses abordam essa questão. Sociologias. São Paulo, 2008.

GARCIA, J. Indisciplina, incivilidade e cidadania na escola. Educação Temática Digital, Campinas, v. 8, n. 1, p. 121-130, dez. 2006. Disponível em:

. Acesso em: 20 nov. 2015.

MOURA, D. A. Prevalência e características de escolares vítimas de bullying. Jornal de Pediatria, vol. 87, nº 1. Porto Alegre, 2011.

NESELLO, F; MESAS, A. E. Características da violência escolar no Brasil: revisão sistemática de estudos quantitativos. Revista Brasileira de Saúde Materna Infantil, vol. 14, nº 2. Recife, 2014.

Revista PET Interdisciplinar e Programa Conexões/UFPA On-line. Vol. 01 – 2016. Página 84

NOGUEIRA, Maria Alice; Catani, Afrânio. Pierre Bourdieu. Escritos em Educação. Petrópolis: Vozes, 1998.

RISTUM, M. A violência escolar no contexto de privação de liberdade. Psicologia: ciência e profissão, vol. 30, nº 2. Brasília, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/cs.v1i1.3910

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista PET Interdisciplinar e Programa Conexões de Saberes On-Line