Direito às diferenças: notas sobre formação jurídica e as demandas de reconhecimento na sociedade brasileira contemporânea

Richard Miskolci, Maximiliano Campana

Resumo


Este artigo discute características da formação na área do direito que impedem ou amortecem o compromisso com as diferenças e suas demandas de reconhecimento. Também discute os limites do vocabulário mais acionado para lidar com as diferenças, em especial o gerado pelo multiculturalismo e sua noção de diversidade. Por fim, busca explicitar como as demandas de reconhecimento e acolhimento das diferenças questionam a compreensão ainda corrente do que seria a nação brasileira em favor de uma acepção mais inclusiva e democrática.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/hendu.v6i2.3874