A correspondência poética de Max Martins e Age de Carvalho

Mayara Ribeiro Guimarães

Resumo


O ensaio visa apresentar um panorama da correspondência poética de Max Martins e Age de Carvalho, durante mais de vinte anos de amizade, ainda inédita ao público. Nela, estabelece-se uma aliança poética em que ambos se tornam leitores críticos do processo criativo um do outro. A partir da seleção de algumas cartas, trata de temas poéticos, registra o processo de escrita de A fala entre parêntesis (1982) e dá notícia da relação de amizade entre dois dos poetas de grande destaque da poesia paraense do século XX.
PALAVRAS-CHAVES: Max Martins. Age de Carvalho. Correspondência poética. Amizade.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/moara.v2i46.4241

      http://diadorim.ibict.br/handle/1/1356