Imaginários da Portugalidade: Análise de Discursos de Imigrantes Portugueses em Belém do Pará - Brasil

Maria Manuel Baptista

Resumo


O presente estudo centra-se nas identidades e imaginários de imigrantes portugueses na cidade de Belém do Pará. Considerada como ‘a mais portuguesa das cidades brasileiras’, Belém foi recebendo, desde os finais do século XIX e durante todo o século XX importantes fluxos migratórios, entre os quais se destacam os portugueses (além de sírio-libaneses, japoneses, judeus, espanhóis, italianos, entre outros). Utilizando um paradigma teórico, que parte dos Estudos Culturais, a presente abordagem utiliza uma análise qualitativa que intitulámos como hermenêutica mítica dos imaginários culturais. Na segunda parte do estudo elaboramos a noção de imaginário cultural com que pretendemos analisar os discursos dos nossos sujeitos, sobre os quais incidiu a nossa investigação de campo: cinco famílias alargadas de portugueses imigrantes em Belém do Pará (quer de primeira quer de segundas e terceiras gerações) e as respetivas representações de Portugal e da portugalidade compreendidas a partir das suas histórias de vida (recolhidas em entrevistas coletivas aprofundadas), atravessadas pelos seus imaginários e identidades migrantes.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v20i1.4570

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários