REPENSANDO O PROCESSO DE AVALIAÇÃO NOS & DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

Camila Olivieri Igari, Adriana Backx Noronha Viana

Resumo


Resumo: O presente artigo apresenta, inicialmente, um panorama da avaliação oficial, ENADE/2012 (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), com destaque para cursos de graduação em Administração, que representam um contingente de 16,7% das matriculas em formações presenciais e 30,22% das formações à distância nas diferentes áreas instrumentais excluindo os cursos de tecnólogos. Considerando as distâncias nos indicadores de qualidade das formações oferecidas, nos quais apenas 6% das graduações foram avaliadas com o Conceito 5 e grande maioria (43%) recebeu o Conceito 3, faz-se, assim, necessárias pesquisas acadêmicas que permitam identificar a relação dos impactos de avaliações institucionais e oficiais para a melhoria do ensino na área. Sugere-se, ainda, a elaboração de uma metodologia de avaliação de cursos num modelo de Framework de Avaliação de Ações Formativas que estabelece um diálogo entre a Avaliação responsiva de Stake (1978, apud. LUDKE,1983) e Metodologia de Avaliação de ações formativas para docentes em quatro níveis proposta Imbernon (2011) como uma adaptação do modelo de avaliação para formação em organizações de Kirkpatrick e Kirkpatrick (2007), definindo-se, assim, um framework delineado pelos níveis: Diagnóstico (Prológo), Reações, Aprendizagens, Transferência e Abrangência. Para cada um dos níveis propostos há uma adaptação de instrumentos de coleta de dados e avaliadores conforme as especificidades de cada instituição formadora. A finalidade da aplicação do framework é oferecer um diagnostico do graduação em Administração considerando um plano de melhorias para a formação de administradores, unificado pelo diálogo e análise conjunta de conteúdos, das aprendizagens, das aplicações e os impactos para a atuação dos futuros administradores na percepção de formadores e formandos ou egressos num processo de avaliação sistêmico e customizado.

Palavras-chave: Ensino em Administração. Avaliação dos cursos de graduação em Administração. Avaliação sistêmica de ação formativa. Qualidade do ensino em Administração.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v10i14.4253

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados à Revista Margens Interdisciplinar - ISSN: 1982-5374

Universidade Federal do Pará - Campus Universitário de Abaetetuba - Editora Campus de Abaetetuba