Logo do cabeçalho da página Revista Margens Interdisciplinar

ABORDAGENS SOBRE A CONDIÇÃO DE CLASSE DAS JUVENTUDES DA AMAZÔNIA

João Paulo da Conceição ALVES, Ronaldo Marcos de Lima ARAUJO

Resumo

Este trabalho analisa a inserção da(s) juventude(s) amazônica(s) no contexto social e a sua condição de classe. Como problema de pesquisa buscamos compreender: qual a condição de classe das juventudes da Amazônia, a partir da análise de dados oficiais sobre a(s) juventude(s) no estado do Pará? Para tanto, mediante a realização de pesquisa documental e a coleta de dados oficiais, foram organizadas as seguintes categorias de análise: Juventude urbana e violência; Juventude amazônida: trabalho/emprego e rendimentos; e Juventude amazônida e educação. A análise documental revelou que a juventude de origem trabalhadora paraense está fortemente submetida à violência urbana inclusive sob conseqüências fatais, possui uma inserção precoce e desqualificada no mercado de trabalho e que a escola não se coloca como uma alternativa capaz de promover uma formação mais humanizante a estes jovens.
Palavras-Chave: Juventude; Violência; Trabalho; Educação; Classe Social.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rmi.v11i17.5448

Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados à Revista Margens Interdisciplinar - ISSN: 1982-5374

Universidade Federal do Pará - Campus Universitário de Abaetetuba - Editora Campus de Abaetetuba