EDUCAÇÃO, MEIO AMBIENTE E SAÚDE NA VIDA SATERÉ-MAWÉ: UMA ANÁLISE BIOECOLÓGICA

Valéria A.C.M. Weigel, Maria Alice D’Ávila Becker

Resumo


O texto discute as relações entre educação, meio ambiente e saúde em comunidades sateré-mawé. Focalizam-se saberes e valores morais e míticos que dão sentidos e significados a comportamentos na produção do bem-estar; e elementos das condições sociais, econômicas e políticas do contexto em que se (re)produz a saúde. A análise baseia-se na teoria bioecológica de Bronfenbrenner (1996), segundo a qual a apreensão das pessoas se dá em contextos que compreendem a interação de quatro níveis ambientais: microambiente, mesoambiente, exoambiente e macroambiente. Nesses níveis combinam-se fatores de risco e fatores de proteção em arranjos sempre provisórios. Foi produzida uma interpretação de como está se apresentando, na área sateré-mawé, o arranjo desses fatores em cada um dos quatro níveis ambientais.

Palavras-chave: Educação e meio ambiente. Sateré-Mawé. Educação e saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rve.v12i2.1014

Revista Ver a Educação. © Direitos reservados 2012