TERRITÓRIOS, RIZOMAS E O CURRICULO NA ESCOLA

Francisco Perpetuo Santos Diniz, Ana Cristina Lima da Costa, Raimundo Erundino Santos Diniz

Resumo


O presente artigo discute a possibilidade de pensar o currículo da escola formal na perspectiva da formação de um território-rizoma, ou seja, de uma proposta de estudo flexível, não hierárquica, interdisciplinar e baseada em uma prática educativa voltada para o enfrentamento do modelo de educação disciplinar dominante. Primeiramente, são apresentados os conceitos de território e rizoma, segundo Deleuze e Guttari, para dar fundamento à noção de território-currículo no contexto de ciência da Educação. Em seguida, discute-se o currículo como a possibilidade de uma integração de saberes, conhecimentos, práticas educativas a serem desenvolvidas na escola formal e direcionadas à cidadania, à consciência política e à transformação social. Enfim, a análise feita entende o currículo num contexto holístico, crítico, flexível, rizomático, interdisciplinar e aberto a possibilidades de um novo fazer educacional.

Palavras-chave: Território. Rizoma. Currículo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rve.v12i2.1015

Revista Ver a Educação. © Direitos reservados 2012