Cabeçalho da página

NA MARGEM E À MARGEM: ARQUEOLOGIA AMAZÔNICA EM TERRITÓRIOS TRADICIONALMENTE OCUPADOS

Bruna Cigaran da Rocha, Jaqueline Beletti, Anne Rapp Py - Daniel, Claide de Paula Moraes, Vinicius Honorato de Oliveira

Resumo

Este artigo descreve o levantamento de sítios arqueológicos em territórios tradicionalmente ocupados na Amazônia. O que é imprescindível para o nosso acesso aos locais é o conhecimento territorial dos ocupantes. Ao relatar o processo de desenvolvimento de pesquisas arqueológicas nas margens de três dos principais rios da Amazônia (Tapajós, Madeira e Solimões), pretendemos explorar as variadas relações existentes entre as comunidades tradicionais e os recursos arqueológicos existentes em seus territórios, desafiando conceitos estanques do significado de patrimônio. Propomos que arqueólogos busquem ser parceiros das comunidades tradicionais, as quais têm contribuições inestimáveis para a geração do conhecimento. Palavras-chave: Arqueologia na Amazônia, prospecção arqueológica, comunidades tradicionais, rios Tapajós, Madeira e Solimões, Lago Tefé.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v6i2.1873

© Direitos reservados à Amazônica - Revista de Antropologia
This is an open access website under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Comercial License.

Gerencia do Portal

Luciléia Silva:

Email: lucileia@ufpa.br

Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.