Cabeçalho da página

AULA MAGNA: ARQUEOLOGIA COMO TRADUÇÃO DO PASSADO NO PRESENTE

Fabiola Andrea Silva

Resumo

A Arqueologia pode traçar sua trajetória intelectual desde os séculos XV e XVI, no contexto do Antiquarismo e do Classicismo, passando pelo Iluminismo no século XVIII, para então emergir como disciplina científica no século XIX. Para alguns historiadores da ciência, a vocação inicial da Arqueologia, no século XIX, era a construção de uma história da origem e evolução humana no passado ou, em outras palavras, da pré-história da humanidade, tendo como base os vestígios materiais.

Palavras-chave: Arqueologia, tradução, passado, presente, preservação.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v3i2.768

© Direitos reservados à Amazônica - Revista de Antropologia
This is an open access website under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Comercial License.

Gerencia do Portal

Luciléia Silva:

Email: lucileia@ufpa.br

Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.