Cabeçalho da página

Notas arqueológicas sobre o uso de drogas alucinógenas na cultura Marajoara, Baixo Amazonas.

Klaus Hilbert, Peter Paul Hilbert

Resumo

O uso de drogas alucinógenas (paricá), como mostram dados etnográficos, é comum na América do Sul e Central. Evidências arqueológicas das terras baixas amazônicas, entretanto, têm recebido pouca atenção ou não foram reconhecidas como tal. Deste modo, pequenos recipientes de cerâmica com bicos da fase Marajoara, alguns como representações zoomórficas, foram associados ao uso de “colheres” e não como artefatos para o armazenamento do rapé ou aplicados, diretamente, como inaladores dos alucinógenos. Imaginamos o uso da “colher de paricá” da seguinte maneira: o bico curto do recipiente, cheio de rapé, é inserido em uma narina, a outra é fechada com o polegar. A abertura do recipiente é tampada com os dedos ou com a palma da outra mão. A inspiração cria um vácuo no interior do recipiente. A abertura repentina e a inalação simultânea sugam o rapé para o interior do nariz. Aqui, nove exemplares, que fazem parte da Coleção de Arqueologia do Museu Paraense Emílio Goeldi, são apresentados e descritos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v13i1.9290



 © As/os autoras/es que publicam na Amazônica Revista de Antropologia (ARA) retêm os direitos autorais e morais de seu trabalho, licenciando-o sob a Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivação Works 3.0 Brasil que permite que os artigos sejam reutilizados e redistribuídos sem restrições, desde que o trabalho original seja citado corretamente.

Gerencia do Portal:

Luciléia Silva

Email: lucileia@ufpa.br

 

Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivação Works 3.0 Brasil.

This is an open-access website under the terms of the Creative Commons Attribution-NoDerivatives License.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.