Cabeçalho da página

A DINÂMICA CAPITALISTA E A QUESTÃO URBANA: UMA APROXIMAÇÃO A PARTIR DE DIFERENTES ABORDAGENS NEOMARXISTAS

Priscilla Maria Costa da Silva, Vivian Camila Lobato de Souza, José Raimundo Trindade, Gilberto Souza Marques

Resumo

Este trabalho buscou fazer uma concisa exposição das principais teorias neomarxistas sobre a questão urbana, centrado na análise sintética da produção teórica de quatro dos principais autores marxistas contemporâneos: Henri Lefebvre, Manoel Castells, Jean Lojkine e David Harvey. Vale reforçar que a apreensão da análise e teorias neomarxistas do espaço urbano capitalista nos permite compreender a atual centralidade dos movimentos sociais urbanos, não somente no Brasil. Como hipótese, temos que os movimentos sociais urbanos não são fixos no decorrer do tempo, mas se adaptam conforme as dinâmicas e realidades contemporâneas, sendo que as teorias de análise do urbano podem colaborar com essas forças sociais no processo de democratização e “do direito à cidade como riqueza social em contraposição a sua mercantilização”.


Palavras-chave

Urbanização, Marxismo, Movimentos Sociais Urbanos.


Referências


ARANTES, Pedro F. Em busca do urbano: Marxistas e a cidade de São Paulo nos anos de 1970. Novos Estudos 83, março de 2009.

BARAN, Paul e SWEEZY, Paul. Capitalismo Monopolista. Rio de Janeiro: Zahar, 2ª ed.,1974.

BRITO, F. O deslocamento da população brasileira para as metrópoles. Estudos Avançados, v. 20, n. 57, 2006, p. 221-236. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ea/v20n57/a17v2057.pdf. Acesso em: 11 de fevereiro de 2014.

BOYER, R. A teoria da regulação: os fundamentos. São Paulo: Estação Liberdade, 2009.

BOTTOMORE, T. Estruturalismo. In: BOTTOMORE, T. (editor). Dicionário do Pensamento Marxista. Rio de Janeiro: Zahar, 1988.

CASTELLS, Manuel. A questão urbana. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

_______. Sociedade em rede. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

_______. O poder da identidade. 3a ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

_______. Fim de milênio. 3a ed. São Paulo: Paz e Terra, 2003.

GOHN, Maria da Glória. Movimentos sociais e luta pela moradia. São Paulo: Loyola, 1991.

GONZALEZ, H. P. A economia política do capitalismo. Lisboa: Editorial Estampa, 1985.

_______. Teoria dos movimentos sociais: paradigmas clássicos e contemporâneos. 2a ed. São Paulo: Edições Loyola, 2000.

HARVEY, D. A Produção Capitalista do Espaço. São Paulo : Annablume, 2005.

__________. A justiça social e a cidade. São Paulo: Hucitec, 1980.

___________. O trabalho, o capital e o conflito de classes em torno do ambiente construído nas sociedades capitalistas avançadas. Espaço & Debates. São Paulo: Cortez, ano II, no 6, jun-set, 1982 pp. 6-35. ___________. The Geopolitics of Capitalism. In: GREGORY, D. e URRY, J. (ed.). Social Relations and Spatial Structures. Londres: Mac Millan, Cambridge, 1985.

___________. A Condição Pós-Moderna: Uma Pesquisa Sobre as Origens da Mudança Cultural. São Paulo: Loyola, 1993 (5º edição).

__________. Para Entender O Capital. São Paulo: Boitempo, 2013a.

__________. Os Limites do Capital. São Paulo: Boitempo, 2013b. JACOBI, Pedro. Movimentos sociais e políticas públicas: demandas por saneamento básico e saúde – São Paulo, 1974-84. 2ª. ed. São Paulo : Cortez, 1993.

LEFEBVRE, H. La Revolución Urbana. Madrid: Alianza, 1972.

____________. Espacio y Politica. Barcelona: Peninsula, 1976.

____________. A Re-Produção das Relações de Produção. Porto: Escorpião (1a parte de La Survie du Capitalisme), 1973.

____________. (1991) [1974]: The Production of Space. Oxford (R.U.) e Cambridge (EUA): Blackwell.

____________. O direito à cidade. São Paulo: Documentos, 1969. [1968].

____________. Lógica formal, lógica dialética. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 1995.

LIMONAD, Ester. Reflexões sobre o espaço, o urbano e a urbanização. Geographia – Ano 1 – No 1 – 1999.

LINHARES, Lucas; MAGALHÃES, Felipe N. C.; MONTE-MÓR, Roberto L. M. Urbanização extensiva e desconcentração econômica: a extensão das condições gerais da produção ao entorno metropolitano de Belo Horizonte. In: COSTA et al. Novas periferias metropolitanas: a expansão metropolitana em Belo Horizonte : dinâmica e especificidades no eixo sul. Belo Horizonte: Editora C/Arte, 2006.

LIPIETZ, Alain. Miragens e Milagres: problemas da industrialização no terceiro mundo. São paulo: Nobel, 1988.

_____________. Audácia: Uma Alternativa Para o Século XXI. São Paulo: Nobel, 1991.

LOJKINE, J. O Estado Capitalista e a Questão Urbana. São Paulo: Martins Fontes, 1981.

LOPES, J. S. Leite. O Vapor do Diabo: O Trabalho dos Operários do Açúcar. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

_______________. A Tecelagem dos conflitos de classe na "cidade das chaminés". São Paulo: Marco Zero, 1988.

MÁRICATO, E. O impasse da política urbana no Brasil. Petrópolis: Vozes, 2011.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política, v. I, T. 1 e 2. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira/DIFEL, 1987a.

_________. O Capital: crítica da economia política, v. II, T. 3. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira/DIFEL, 1987b.

_________. O Capital: crítica da economia política, v. III, T. 6. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira/DIFEL, 1987c.

MARX, K. E ENGELS, F. Manifesto Comunista. São Paulo: Boitempo, 2010.

MANDEL, E. O Capitalismo Tardio. São Paulo: Nova Cultural, 1983.

MONTE-MÓR, Roberto Luís. As teorias urbanas e o planejamento urbano no Brasil. In: COSTA et al. Novas periferias metropolitanas: a expansão metropolitana em Belo Horizonte : dinâmica e especificidades no eixo sul. Belo Horizonte: Editora C/Arte, 2006.

NUNES, Edson. Carências urbanas, reivindicações sociais e valores democráticos. Lua Nova: São Paulo, junho de 1989, nº 17.

OLIVEIRA, V. L. De; TRINDADE, J. R.B. As cidades médias do hinterland amazônico paraense: urbanização e desenvolvimento em período recente. CADERNOS CEPEC

V. 2 N. 3. Março de 2013. Belém: PPGE/UFPa. Disponível em: http://goo.gl/dLlP3H.

OTTMANN, Götz. Movimentos sociais urbanos e democracia no Brasil: uma abordagem cognitiva. In: Novos Estudos, n.º 41. São Paulo: CEBRAP, 1995.

PICOLOTTO, Everton Lazzaretti . Movimentos Sociais: Abordagens Clássicas e Contemporâneas . Revista Eletrônica de Ciências Sociais. Ano 1. Edição 2. Novembro de 2007.

RIBEIRO, L. C. de Queiroz e JUNIOR, O. A. Santos. Desafios da questão urbana. Le Monde Diplomatique Brasil, abril de 2011. Disponível em: http://goo.gl/wdNwxn. Acesso em 13/02/2014.

SOUZA, Perci Coelho de. Uma crítica francesa acerca do espaço urbano. Ser Social, Brasília, n. 17, p. 59-112, jul./dez. 2005.

TRINDADE, J. R. B. Expansão periférica e exclusão social no espaço urbano de Belém na segunda metade da década de 80. Revista do Centro Sócio-Econômico, Belém, v. 4, jan./dez. 1997, p. 95-115.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/cepec.v3i1-6.6831

Apontamentos

  • Não há apontamentos.