Complexitas – Revista de Filosofia Temática

A DICOTOMIA PÚBLICO/PRIVADO EM HANNAH ARENDT E JÜRGEN HABERMAS: Interações e reflexões a luz da teoria crítica contemporânea

Ana Carolina Magalhães Gonzaga, Dilnéia Rochana Tavares do Couto

Resumo

Tanto na Filosofia moral, política e Filosofia da linguagem, a ideia de espaço público é pensada como meio de interação e interlocução entre os indivíduos no processo de circulação e tomada de decisão política e coletiva. Não se trata apenas de um espaço no sentido literal, mas no sentido metafórico, a reunião do conjunto de cidadãos, que entre si argumentam suas ideias e opiniões, e debatem o ideal para uma sociedade, é um ‘lugar’ que pode ser virtual ou físico. O privado por consequência representa o espaço particular, da intimidade, com papéis bem definidos dentro de uma hierarquização onde todo o espectro de construção individual se desenvolve, essa construção também é influenciada por aspectos morais e religiosos. As relações entre as esferas pública e privada demarcam a sociedade moderna. A função de uma esfera acaba por mesclar-se ao espaço e função da outra. A privatização do que é público, e a exposição do que é privado, acaba por uma nova perspectiva ao que se tinha como dicotomia indicando novas fronteiras. Esse artigo propõe-se a apresentar uma reflexão sobre a influência que o conceito de esfera pública de Hannah Arendt e Jürgen Habermas possui sobre a ideia de público e privado na teoria da filosofia política atual. Para sua realização dessa explanação, foi feito os seguintes passos: compreender os conceitos de esfera pública em Hannah Arendt e Jürgen Habermas, apresentar a influência que os conceitos desses dois pensadores exercem na filosofia política, sistematizar os elementos em relação a perspectivas de influências do debate político filosófico atual.


Palavras-chave

Dicotomia. Jürgen Habermas. Hannah Arendt. Filosofia política.


Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, H. A condição humana. 12. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014.

HABERMAS, J. Direito e democracia: entre facticidade e validade. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997

SANTOS, V. Soraya. A relação entre o público e privado: um estudo inicial sobre o pensamento de Hannah Arendt. In: Inter-Ação, v. 37, n. 2, p. 223-235, jul./dez. 2012.

TELLES, V. Silvia. Espaço público e espaço privado na constituição do social: notas sobre o pensamento de Hannah Arendt. In:Tempo Social, v. 2, n. 1, p. 23-48, jan. 1990.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/complexitas.v2i2.5460



Direitos autorais 2019 Complexitas – Revista de Filosofia Temática

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Licença Creative Commons
Complexitas - Rev. Fil. Tem., Belém, PA, Brasil. ISSN:2525-4154 (online) - Email:revistacomplexitas@gmail.com. Está obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.