Complexitas – Revista de Filosofia Temática

EDUCAÇÃO E SAÚDE: A IMPLEMENTAÇÃO DE TECNOLOGIAS LEVES COMO FERRAMENTA ASSISTIVA AO APRENDIZADO DE CRIANÇAS COM AUTISMO

Josilene Nascimento do Lago, Milene do Lago Martins, Raissa Ribeiro da Silva, Sidiane Alves de Melo, Brenda Marília Araújo de Holanda, Ellen Ellen Cristina Lima de Melo

Resumo

A Tecnologia Assistiva é a aplicação de ferramentas tecnológicas que visa a inclusão social, autonomia, independência e qualidade de vida. Nesse contexto, o autismo é uma síndrome de Asperger conhecida pelos transtornos invasivos do desenvolvimento. O objetivo dessa pes- quisa é relatar as experiências dos acadêmicos diante do uso de ferramentas assistivas no aprendizado de crianças com autismo. A pesquisa foi desenvolvida por meio do planejamento disciplinar e demonstrações teatrais. As crianças estavam compreendendo a temática em questão, devido uma abordagem com uso de vocabulário popular e a dinâmica de fácil entendimento, a fim de aproximar o público-alvo. Pôde-se constatar que essa pratica influenciou positivamente na busca criativa e proativa de conhecimentos e, a inclusão social de crianças portadores do autismo.


Palavras-chave

Tecnologia Assistiva. Educação em Enfermagem. Educação em Saúde


Texto completo:

PDF

Referências


BORGES, W. F.; TARTUCI, D. Tecnologia Assistiva: Concepções de Professores e como Problematizações Geradas pela Imprecisão Conceitual1 Revista Brasileira de Educação Especifica. Marília, v. 23, n. 1, p. 81-96, março de 2017. Disponível em http://www. scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382017000100081&lng

=en&nrm=iso. acesso em 07 nov. 2019.

KLIN, A. Autismo e síndrome de Asperger: uma visão geral. Revista Brasileira de Psiquiatria. São Paulo, v. 28, n.1, p.3-11, maio de 2006. Disponível em: http://www.scie lo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462006000500002&lng=en&nrm=iso.

Acesso em: 9 de outubro de 2019.

LEMOS, E. L. M. D.; SALOMAO, N. M. R.; AGRIPINO-RAMOS, C. S. Inclusão de

crianças autistas: um estudo sobre interações sociais no contexto escolar. Revista Brasileira de Educação Especifica. Marília, v. 20, n.1, p. 117-130, mar. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000100009&lng=en &nrm=iso. Acesso em: 05 nov. 2019.

MESQUITA, W. S.; PEGORARO, R. F. Diagnóstico e tratamento do transtorno autístico em publicações brasileiras: revisão de literatura. Journal of the Health Sciences Institute, v. 31, n.3, p.324-9, 2013. Disponível em: https://www.unip.br/presencial/comunicacao/publica coes/ ics/edicoes/2013/03_jul-set/V31_n3_2013_p324a329.pdf. Acesso em: 30 de outubro de 2019.

TOGASHI, C. M.; WALTER, C. C. F. Como Contribuições do Uso da Comunicação Alternativa no Processo de Inclusão Escolar de um Aluno com Transtorno do Espectro do Autismo. Revista Brasileira de Educação Especifica Marília, v. 22, n. 3, p. 351-366, setembro de 2016. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid= S1413-6538201600 0300351&lng=en&nrm=iso. acesso em 06 nov. 2019.

ZANON, R. B.; BACKES, B.; BOSA, C. A. Identificação dos primeiros sintomas do autismo pelos pais Revista Brasileira de Psiquiatria. Brasília, v. 30, n. 1, p. 25-33, março de 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722014 000 100004&lng=en &nrm=iso. Acesso em: 9 de outubro de 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/complexitas.v4i1.8042



Direitos autorais 2020 Complexitas – Revista de Filosofia Temática

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Licença Creative Commons
Complexitas - Rev. Fil. Tem., Belém, PA, Brasil. ISSN:2525-4154 (online) - Email:revistacomplexitas@gmail.com. Está obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.