Complexitas – Revista de Filosofia Temática

INTOLERÂNCIA RELIGIOSA NA AMAZÔNIA E OS CONFLITOS ENVOLVENDO PROTESTANTES E CATÓLICOS NA ÉPOCA DA SECULARIZAÇÃO DO ESTADO

João Gabriel Moraes de Souza

Resumo

Na época da Secularização do Estado muitos atores sociais se envolveram nos conflitos que se apresentaram com as mudanças que eram muitas em um período que não ficou marcado apenas pela Secularização, mas pela proclamação da República e a Belle Epoque. Nesse artigo iremos ver os conflitos entre protestantes e católicos, bem como os inúmeros ataques das instituições religiosas, que na maioria das vezes eram motivadas por preconceitos e intolerâncias religiosas. Veremos ainda as polêmicas de um pastor metodista: Justus Nelson que veio em missão dos EUA para a Amazônia, se envolvendo em polêmicas das mais variadas possíveis, pois o pastor acabou por debater sobre o casamento civil, as leis do país, assuntos teológicos e inclusive o Círio de Nazaré, o que não agradava os católicos, razão pela qual ficou alguns meses na prisão, onde ele acaba por se sentir injustiçado e entra em conflito com seu antigo aliado: o Estado, representado pelo governo provisório republicano.


Palavras-chave

Intolerância. Secularização. Católicos. Protestantes.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Ângela Mendes de. “Os manuais portugueses de casamento dos séculos XVI e XVII”. In: SAMARA, Eni de Mesquita (Org). Família e grupos de convívio. São Paulo: Marco Zero, 1989, pp. 191-207.

ALVES, Rubem. Religião e repressão. São Paulo: Loyola, 2005, p.94.

AZZI, Riolando. A reforma Católica na Amazônia 1850-1870. In: Religião e Sociedade n. 10. Rio de Janeiro, 1983.p. 21-30.

CAMPOS, Ipojucan Dias. Imprensa, divórcio e casamento civil em Belém (1890-1900). Revista de Estudos Amazônicos, PPHIST – Programa de Pós – Graduação em História Social da Amazônia. Belém, 2010, p 175.

FOUCAUTL, Michel. Microfísica do poder. Rio de janeiro: GRAAL, 2002.

HOBSBAWM, Eric. A Revolução Francesa. Rio de Janeiro: Paz e terra, 2002.

MIRANDA, Julia. Horizontes de bruma: os limites questionados do religioso e do político. São Paulo: Maltese. 1995.

SILVA, Maria da Conceição. Catolicismo e casamento civil na Cidade de Goiás: conflitos políticos e religiosos (1860-1920). Revista Brasileira de História. São Paulo, v.23, n° 46, pp. 123 - 146 – 2003.

SOUZA, João Gabriel Moraes de. Um apologista na Amazônia: os conflitos que se envolveu Justus Nelson, no período da laicização do Estado 1890-1893. (Dissertação) Mestrado Em Ciências da Religião, Belém: UEPA, 2017.

VILHENA, Tony Welliton da Silva. Protestantismo e politica na Amazônia: a trajetória do jornal metodista O Apologista Christão Brazileiro em Belém do Pará, de 1890 a 1910 (Dissertação) Mestrado em Ciências da Religião, Belém, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/complexitas.v4i2.8104



Direitos autorais 2020 Complexitas – Revista de Filosofia Temática

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Licença Creative Commons
Complexitas - Rev. Fil. Tem., Belém, PA, Brasil. ISSN:2525-4154 (online) - Email:revistacomplexitas@gmail.com. Está obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.