Complexitas – Revista de Filosofia Temática

INCONSCIENTE COLETIVO CIBERNÉTICO singularidade tecnológica na era da internet das coisas

Eduardo dos Santos Pereira

Resumo

Internet das Coisas (Internet of Things - IoT) vai muito além da conexão de equipamentos diversos, como lâmpadas e sensores de temperatura, a rede mundial de computadores. Uma das grandes visões ligadas a essa tecnologia está na possibilidade de usar o fluxo de dados desses equipamentos para gerar sistemas que tomam decisões de forma autônoma. Como por exemplo, uma geladeira conectada a rede poderia fazer compras de forma automática, baseada nos costumes de uma família. Por outro lado, uma perspectiva interessante é de que num futuro relativamente próximo, devido ao avanço acelerado do desenvolvimento tecnológico, uma superinteligência artificial poderia emergir. Esse ponto de ruptura é conhecido como singularidade tecnológica. Neste contexto, o presente artigo é apresentado na forma de um ensaio teórico, o qual busca refletir em como a IoT poderia alcançar a singularidade tecnológica e como isso implicaria na redução do livre arbítrio a nível de sociedade.


Palavras-chave

Singularidade; Tecnologia; Internet das Coisas; Inteligência Artificial


Texto completo:

PDF

Referências


ATZORI, Luigi; IERA, Antonio; MORABITO, Giacomo. The internet of things: A survey. Computer networks, v. 54, n. 15, p. 2787-2805, 2010.

ASHTON, K. et al. That ‘internet of things’ thing. RFID journal, v. 22, n. 7, p. 97-114, 2009.

CARON, Xavier et al. The Internet of Things (IoT) and its impact on individual privacy: An Australian perspective. Computer Law & Security Review, v. 32, n. 1, p. 4-15, 2016.

COULOURIS, G. et al. Sistemas distribuídos: Conceitos e Projetos. 5ª. Bookman. Porto Alegre. 2013.

COVINGTON, Michael J.; CARSKADDEN, Rush. Threat implications of the internet of things. In: 2013 5th International Conference on Cyber Conflict (CYCON 2013). IEEE, 2013. p. 1-12.

CRAINIC, Teodor Gabriel; TOULOUSE, Michel. Parallel strategies for meta-heuristics. In: Handbook of metaheuristics. Springer, Boston, MA, 2003. p. 475-513.

DE OLIVEIRA FILHO, Pedro et al. PETISMO E ANTIPETISMO EM RELATOS DE SIMPATIZANTES DA DIREITA NA INTERNET. Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais, v. 14, n. 2, p. 2-13, 2019.

GUBBI, J. et al. Internet of Things (IoT): A vision, architectural elements, and future directions. Future generation computer systems, v. 29, n. 7, p. 1645-1660, 2013.

HUSSAIN, Azhar et al. The Anti-vaccination movement: A regression in modern medicine. Cureus, v. 10, n. 7, 2018.

JUNG, Carl Gustav. The concept of the collective unconscious. Collected works, v. 9, n. 1, p. 42, 1936.

KATA, Anna. Anti-vaccine activists, Web 2.0, and the postmodern paradigm–An overview of tactics and tropes used online by the anti-vaccination movement. Vaccine, v. 30, n. 25, p. 3778-3789, 2012.

LÉVY, Pierre. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. 10. São Paulo. Edições Loyola. p.214. 2015.

NICOLESCU, Basarab. Technological Singularity: The Dark Side. In: Transdisciplinary Higher Education. Springer, Cham, 2017. p. 155-161.

NORVIG, Peter; RUSSELL, Stuart. Inteligência Artificial: Tradução da 3a Edição. Elsevier Brasil, 2014.

MARCHI, P.; ALVES-DOS-SANTOS, I. As abelhas do gênero Xylocopa Latreille (Xylocopini, Apidae) do Estado de São Paulo, Brasil. Biota Neotropica, v. 13, n. 2, p. 249-269, 2013.

POSTMAN, Neil. Tecnopólio: a rendição da cultura à tecnologia. São Paulo: Nobel, 1994.

POTAPOV, Alexey. Technological Singularity: What Do We Really Know?. Information, v. 9, n. 4, p. 82, 2018.

RAMOS, Juliana Mistroni; CARVALHO, NC de. Estudo morfológico e biológico das fases de desenvolvimento de apis mellifera. Revista científica eletrônica de engenharia florestal, v. 6, n. 10, p. 1-21, 2007.

SANDBERG, Anders. An overview of models of technological singularity. In: Roadmaps to AGI and the Future of AGI Workshop, Lugano, Switzerland, March. 2010.

STOJKOSKA, Biljana L. Risteska; TRIVODALIEV, Kire V. A review of Internet of Things for smart home: Challenges and solutions. Journal of Cleaner Production, v. 140, p. 1454-1464, 2017.

TOGA, Arthur W.; THOMPSON, Paul M. Genetics of brain structure and intelligence. Annu. Rev. Neurosci., v. 28, p. 1-23, 2005.

TOSUN, Leman Pınar et al. Use of Social Networking Sites and Subjective Well-Being. Psikiyatride Güncel Yaklaşımlar, v. 11, n. 3, p. 304-317, 2019.

WALSH, Toby. The singularity may never be near. AI Magazine, v. 38, n. 3, p. 58-62, 2017.

ZHANG, Dongpo. Big data security and privacy protection. In: 8th International Conference on Management and Computer Science (ICMCS 2018). Atlantis Press, 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/complexitas.v5i1.8526



Direitos autorais 2020 Complexitas – Revista de Filosofia Temática

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Licença Creative Commons
Complexitas - Rev. Fil. Tem., Belém, PA, Brasil. ISSN:2525-4154 (online) - Email:revistacomplexitas@gmail.com. Está obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.