Cabeçalho da página

Idas e Vindas e Vidas: cotidiano e trabalho doméstico remunerado durante a pandemia da Covid-19 em Belém/PA

Gabrielle Tavares da Silva, Luísa Maria Silva Dantas

Resumo

O serviço doméstico no Brasil é historicamente executado, em sua maioria, por mulheres negras, em muitos casos com idade elevada e com doenças crônicas, colocando este grupo, além de exposto ao novo coronavírus, em maior risco. Este artigo se propõe analisar impactos da pandemia da COVID-19 na categoria das trabalhadoras domésticas, apoiando-se em matérias jornalísticas nacionais e locais, e em entrevistas realizadas com uma doméstica residente na cidade de Belém/PA, com o intuito de apurar possíveis mudanças ocorridas na vida e no cotidiano de trabalhadoras durante esse período. Ao longo desta pesquisa, foi identificado elevada perda de postos de trabalho para a categoria; no caso da interlocutora, há o aumento da jornada de trabalho somada à constante preocupação de perder o emprego e a proteção de sua família.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rcga.v0i19.13309

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Científica Gênero na Amazônia - Periodicidade semestral - Qualis B-2 - unificado referente ao quadriênio 2017-2022

Redes sociais virtuais:

https://gepem-ufpa.com.br/

https://www.facebook.com/projetogepem/

https://www.instagram.com/gepemufpa/

https://gepemacontece.blogspot.com/

https://www.observatorioregional-gepem.com.br/


E-mail para contato:

 generonaamazonia@gmail.com