Cabeçalho da página

A intercompreensão de línguas românicas: proposta propulsora de uma educação plurilíngue

Selma Alas MARTINS

Resumo

A intercompreensão das línguas românicas se apresenta como um novo paradigma de ensino-aprendizagem de línguas, procurando desenvolver competências estratégicas que podem favorecer a compreensão através de uma reflexão sobre o funcionamento de línguas aparentadas. A implementação de tal abordagem plurilíngue no contexto educacional brasileiro, principalmente na educação básica, pode contribuir para que os aprendizes desenvolvam conhecimentos linguísticos e pragmáticos, como também pode colaborar para o desenvolvimento de suas potencialidades enquanto indivíduos. A universidade e os cursos de formação de professores têm, assim, papel fundamental para validação e expansão desta prática. Palavras-Chave: Intercompreensão de línguas românicas. Abordagem plurilíngue. Educação básica


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/moara.v0i42.2059