Logo do cabeçalho da página Novos Cadernos NAEA

Corruption et investissement externe direct au Brésil

Lilian Ransolin de Abreu, Roberto Birch Gonçalves, Leonardo Roth

Resumo

 O Brasil até 2010 ficou entre os 10 principais países receptores de IED, mas de 2010 a 2014, perdeu posições no ranking dos países receptores de IED. Um dos fatores econômicos que os investidores analisam na escolha do país receptor é a corrupção, que é um dos principais desafios enfrentados pelo Brasil. O presente trabalho tem como objetivo analisar a percepção de executivos de empresas multinacionais sobre o quanto a corrupção influenciou no IED do Brasil no período de 2010 a 2014. Para tanto, utilizou-se uma metodologia de pesquisa em duas partes complementares. Na primeira foram realizadas entrevistas com dois executivos de multinacionais de capital estrangeiro. Na segunda foram enviados questionários para multinacionais de capital estrangeiro atuantes no Brasil. Após a análise dos dados coletados de ambas as pesquisas percebeu-se que a corrupção é um fator condicionante para a entrada de IED no país e que o Brasil precisa combater e controlar a corrupção, pois a mesma afeta a qualidade dos serviços prestados, a infraestrutura e o investimento global no país.


Palavras-chave

Investissement externe direct. Corruption. Internationalization. Brésil.


Texto completo:

PDF (Français (Canada))


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v13i3.4358

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536