Cabeçalho da página

Turismo comunitário: diagnóstico das atividades turísticas na comunidade Bela Vista do Jaraqui (Manaus-AM)

Glaubécia Teixeira da Silva, Paula Cristina Pereira Rodrigues Chaves, Susy Rodrigues Simonetti

Resumo

Os estudos sobre o turismo comunitário têm repercutido no cenário mundial desde a década de 1980, apontando essa forma de gestão como uma importante ferramenta para o turismo sustentável. As experiências com o turismo comunitário na Amazônia revelam que os benefícios ultrapassam a conservação da natureza e acrescentam ganhos no fortalecimento da identidade cultural, da inclusão social e do bem-estar das comunidades. Este estudo objetivou diagnosticar a oferta turística do turismo comunitário na Comunidade Bela do Vista do Jaraqui, localizada no perímetro rural do município de Manaus (AM), nos limites da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Puranga Conquista. A partir de uma parceria entre a comunidade e a universidade, realizaram-se oficinas participativas e trabalhos de campo para o levantamento dos dados sobre infraestrutura, atrativos culturais e naturais, meios de hospedagem, serviços de alimentos e bebidas, sob uma perspectiva dialética. Os dados foram estruturados e analisados por meio da matriz SWOT. Constatou-se que embora a comunidade receba turistas desde a década de 1980, esta possui histórico de conflitos territoriais, carência de políticas públicas de incentivo ao uso sustentável dos recursos naturais e paisagísticos para fins turísticos, além da necessidade de ordenamento da atividade turística.

Palavras-chave: Turismo. Comunidade ribeirinha. Uso público. Unidade de Conservação. Amazônia.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/papersnaea.v29i3.9874

Apontamentos

  • Não há apontamentos.