Cabeçalho da página

Participação e turismo: o caso da Vila do Pesqueiro/Marajó

Juliana A. Hamoy, Mirleide Chaar Bahia

Resumo

A participação tem se mostrado eficaz na solução de problemas e na busca por um desenvolvimento mais sustentável. Este estudo envolve a participação dos moradores da comunidade da Vila do Pesqueiro, na Unidade de Conservação Reserva Extrativista Marinha de Soure, na ilha do Marajó/PA, em busca do desenvolvimento do turismo. Esse artigo tem como objetivo discorrer sobre a importância das políticas públicas de participação, e a politização existente nesse processo, destacando o turismo como uma prática potencial para o desenvolvimento local. A pesquisa de campo ocorreu na comunidade, entrevistando 8 moradores, a partir do critério de acessibilidade. Para a exposição dos dados, foi realizada uma inferência entre dados da pesquisa de campo e de estudos teóricos sobre temáticas de Turismo, Desenvolvimento Local, e Participação. Os dados apontam para a existência de uma organização entre os comunitários, com ênfase para a participação e envolvimento nas tomadas de decisão, ao mesmo tempo em que os interesses divergentes dificultam a continuidade do processo participativo. Esses resultados indicam uma comunidade que almeja o desenvolvimento local, por meio também da atividade turística, porém a desarticulação entre os comunitários dificulta os resultados coletivos.

Palavras-chave: Participação. Turismo. Marajó.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/papersnaea.v29i3.9880

Apontamentos

  • Não há apontamentos.