Cabeçalho da página

Novos atores e o turismo no Platô das Guianas

Christiano Ricardo dos Santos

Resumo

O artigo apresenta uma análise nas discussões acadêmica sobre cooperação internacional em processos de integração no Platô das Guianas devido a suas assimetrias internas e possíveis repercussões territoriais de projetos de redes de circulação. Trata-se dos rumos atuais da integração do Platô das Guianas e das infraestruturas de conexão. Com isso, o objetivo deste trabalho foi identificar as características territoriais dos países que compõem o Platô das Guianas e compreender como o turismo se relaciona com as cooperações internacionais. O referido estudo busca contribuir para entender a dinâmica de uma realidade fronteiriça na parte setentrional da América do Sul. Dessa forma, a área de estudo deste trabalho é o Platô das Guianas, fronteira entre Brasil, Guiana, Suriname e Guiana Francesa, cujo interesse é entender as potencialidades na área de fronteira para o desenvolvimento das atividades turísticas. Neste sentido insere-se no trabalho a relação entre a historiografia das Guianas, limites, fronteira, turismo, cooperações internacionais e atores ligados ao setor de turismo. Para o desenvolvimento do estudo foram utilizados os seguintes instrumentos metodológicos: levantamento bibliográfico pesquisa documental e cartográfico sobre o turismo no Platô das Guianas.

Palavras-chave: Turismo. Fronteira. Cooperação internacional. Conexões.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/papersnaea.v29i3.9881

Apontamentos

  • Não há apontamentos.