Cabeçalho da página

Os circuitos da economia urbana para compreender a formação de espaços turísticos na região insular de Belém (Pará)

Ágila Flaviana Alves Chaves Rodrigues

Resumo

Tendo por base a teoria dos circuitos econômicos, bem como reflexões acerca da produção do espaço insular na perspectiva do turismo em Belém, em especial sobre a Área de Proteção Ambiental da Ilha do Combu, buscou-se analisar os efeitos do turismo nas atividades de pequeno comércio e prestação de serviços responsáveis por transformar as dinâmicas cotidianas tradicionais dos moradores, que vivem em um ambiente de diversidade biológica e cultural, onde a paisagem é sublinhada pela circulação de embarcações, pequenos portos, trapiches e atividades do circuito inferior. Para a realização do estudo sistematizou-se dados qualitativos e quantitativos tendo como fontes: observação não-participante da paisagem insular; entrevistas com comerciantes e moradores; por fim, coleta de dados secundários em revistas, jornais, dissertações, teses e páginas virtuais de notícias. Os resultados mostraram que o conjunto imbricado de relações várzea-rio-floresta vem sofrendo uma série de mudanças ocasionadas pela tentativa de desenvolvimento da atividade turística no local. O volume acumulativo de negócios do circuito superior do turismo conta com a ligação ao circuito superior marginal, principal responsável pelas atividades de circulação.

Palavras-chave: Circuitos econômicos. Espaço turístico. Ilha do Combu. Belém-Pará.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/papersnaea.v29i3.9884

Apontamentos

  • Não há apontamentos.