Cabeçalho da página

EFEITOS DO PROTOCOLO DE ESTRESSORES SOBRE A PREFERÊNCIA DE ÁGUA COM SACAROSE EM RATOS

Paulo Eduardo da Silva, Fani Eta Korn Malerbi

Resumo

O presente estudo teve o objetivo de investigar os efeitos do Protocolo de Estressores (PE) sobre a preferência de água com sacarose em ratos submetidos a um regime contínuo de privação de água para manter seus pesos a 85% ad lib. Dez ratos machos foram submetidos a 13 testes de consumo de água e de água com sacarose. Desses, oito foram também submetidos a sessões operantes (Concorrente VIVI) e ao PE por seis semanas consecutivas, um sujeito foi submetido aos testes de consumo e ao PE e um sujeito apenas aos testes de consumo. Os resultados revelaram que a submissão ao PE não foi acompanhada por um decréscimo na preferência por água com sacarose (p > 0,05), nem nos testes de consumo, nem nas sessões operantes, independentemente da condição experimental. Entretanto, observou-se uma diminuição significativa (p < 0,05) no consumo de ração na gaiola viveiro enquanto os animais estavam sendo submetidos ao PE. Sugere-se que a redução no consumo de ração na gaiola viveiro seja uma medida alternativa para avaliar a diminuição do valor reforçador de um estímulo decorrente da exposição ao PE.

Palavras-chave: Estressores crônicos moderados, privação, modelo animal, esquema concorrente VIVI, anedonia.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v14i2.7530