Logo do cabeçalho da página
Agricultura Familiar: Pesquisa, Formação e Desenvolvimento

Chamada de artigos Revista - Dossiê: Criação de bovinos em agroecossistemas familiares na América do Sul

 

 

Tradicionalmente presente nos sistemas produtivos da agricultura familiar (camponeses, populações tradicionais, etc.), a pecuária bovina sempre representou a garantia de um bom alimento para família, seja o leite e seus derivados e/ou a carne, de força de trabalho e/ou transporte, assim como uma poupança, um seguro para os imprevistos da vida, uma vez que a liquidez na venda dos animais é garantida até mesmo nas regiões mais remotas e de difícil acesso. Em diversas partes do mundo, de uma atividade complementar, aos poucos foi se transformando na atividade principal de sustento e manutenção da família no campo. No bioma Amazônico, carrega consigo a dualidade de destruir a biodiversidade, sendo considerada uma atividade consumidora dos recursos naturais e intensificadora de conflitos em áreas de uso coletivo, ao mesmo tempo em que proporciona um retorno econômico satisfatório para as famílias, sendo igualmente importante para a segurança alimentar e nutricional das mesmas. No Bioma Pampa, por outro lado, a pecuária bovina tem sido apontada como atividade tradicional que pode contribuir com a manutenção da biodiversidade, gerando inúmeras controvérsias. Conhecer e refletir sobre as diferentes situações da pecuária bovina praticada em sistemas produtivos no âmbito da Agricultura Familiar é o objetivo deste dossiê, que pretende obter um panorama da diversidade de situações presentes na América do Sul, promovendo reflexões para pesquisas futuras.

 
Publicado: 2019-08-05
 
1 a 1 de 1 itens