Logo do cabeçalho da página
Agricultura Familiar: Pesquisa, Formação e Desenvolvimento

Tradicionalmente presente nos sistemas produtivos da agricultura familiar (camponeses, populações tradicionais, etc.), a pecuária bovina sempre representou a garantia de um bom alimento para família, seja o leite e seus derivados e/ou a carne, de força de trabalho e/ou transporte, assim como uma poupança, um seguro para os imprevistos da vida, uma vez que a liquidez na venda dos animais é garantida até mesmo nas regiões mais remotas e de difícil acesso. Em diversas partes do mundo, de uma atividade complementar, aos poucos foi se transformando na atividade principal de sustento e manutenção da família no campo. No bioma Amazônico, carrega consigo a dualidade de destruir a biodiversidade, sendo considerada uma atividade consumidora dos recursos naturais e intensificadora de conflitos em áreas de uso coletivo, ao mesmo tempo em que proporciona um retorno econômico satisfatório para as famílias, sendo igualmente importante para a segurança alimentar e nutricional das mesmas. No Bioma Pampa, por outro lado, a pecuária bovina tem sido apontada como atividade tradicional que pode contribuir com a manutenção da biodiversidade, gerando inúmeras controvérsias. Conhecer e refletir sobre as diferentes situações da pecuária bovina praticada em sistemas produtivos no âmbito da Agricultura Familiar é o objetivo deste dossiê, que pretende obter um panorama da diversidade de situações presentes na América do Sul, promovendo reflexões para pesquisas futuras.

Tendo em vista essa contextualização, abaixo a seguir as principais temáticas que devem compor a publicação.

 

Temáticas de interesse para os artigos:

 

  • Etnografia das práticas e /ou cotidiano da atividade;
  • Análises ambientais: GEE; desmatamento; serviços ecossistêmicos;
  • Mudanças tecnológicas;
  • Sistemas produtivos, envolvendo manejos, práticas, índices zootécnicos, etc.;
  • Pecuária e agroecologia;
  • Produção orgânica de leite e /ou carne;
  • Pecuária em áreas de uso coletivo;
  • Políticas públicas voltadas para pecuária bovina;
  • Estudos de mercados; consumo.

 

Experiências: Práticas agroecológicas em sistemas produtivos de pecuária bovina.

Resenhas de livros recentes sobre produção bovina no âmbito da Agricultura Familiar.

 

Calendário:

- Período submissão de artigos: 06 de agosto a 31 de outubro de 2019.

- Período de análise pelos avaliadores: novembro e dezembro de 2019.

- Janeiro e Fevereiro 2020: resposta aos autores e, dependendo do caso (aceite ou não), devolução aos autores para ajustes/correções.

- Março: Devolução dos textos já corrigidos/revisados.

- Abril e maio 2020: revisão e editoração para publicação.

- Junho 2020: publicação do dossiê.