Logo do cabeçalho da página Agricultura Familiar: Pesquisa, Formação e Desenvolvimento

Agricultura familiar e estratégias de (des)envolvimento local: o caso de Espera Feliz-MG

Marcelo Miná Dias, Márcio Gomes da Silva

Resumo

Este estudo apresenta os resultados de uma pesquisa realizada no município de Espera Feliz-MG ao longo de 2007. Seu objetivo foi elaborar uma análise sobre os fundamentos, as dinâmicas e condicionamentos históricos que envolvem a participação social dos agricultores, e ainda, sua constituição como atores políticos no Sindicato de Trabalhadores Rurais (STR), do município de Espera Feliz, Minas Gerais. Trata-se de uma primeira abordagem aproximativa que terá sequência em uma pesquisa a ser desenvolvida no Curso de Mestrado em Extensão Rural. A pesquisa utilizou como instrumentos a realização de entrevistas, a análise de documentos e a participação e observação de atividades do STR. Os resultados obtidos permitem apontar as características do atual processo de envolvimento dos agricultores familiares de Espera Feliz com o STR. Também foi possível compreender que as relações de envolvimento constituem para a ação do sindicato a favor do desenvolvimento local, orientado por princípios da agroecologia e da economia solidária. Por meio de suas ações indentificadas ao longo de estudo, pode-se inferir que a forma de desenvolvimento promovida pelo sindicato fundamenta-se em uma concepção de  sustentabilidade por preconizar uma matriz tecnológica na qual o conhecimento, a cultura e os recursos locais são valorizados em detrimento da racionalidade econômica estrita e reducionista. Assim, as formas de promoção do desenvolvimento local no município de Espera Feliz, por meio do STR, se configuram a apartir de uma construção coletiva de estratégias, o que colabora para a  consolidação de bases de cooperação nas quais se apóiam e interagem diversas organizações e atores sociais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/raf.v0i9.4464

Apontamentos

  • Não há apontamentos.