Logo do cabeçalho da página Agricultura Familiar: Pesquisa, Formação e Desenvolvimento

A dinâmica da pesca em território de uso comum: o problema do manejo nas reservas extrativistas marinhas

Vilson Tadei Brito Ferreira, Maria Cristina Maneschy, Tânia Guimarães Ribeiro

Resumo

Este trabalho aborda a gestão de áreas de uso
comum, no contexto da Reserva Extrativista
Caeté-Taperaçu, Bragança-PA. A base empírica
utilizada nesta análise assenta nas atas de
reuniões regulares da Associação de Moradores e
Usuários da Reserva, de 2011 a 201 2 e, também,
em observações realizadas em reuniões locais
para elaboração do Plano de Manejo dessa
unidade de conservação. A investigação mostra
que, apesar da delimitação de fronteiras na
institucionalização de uma unidade de
conservação, o trabalho e os recursos são móveis,
resultando na dinâmica do trabalho da pesca, que
se estende a outras unidades similares nos
municípios vizinhos e a outros estados. Os
espaços de discussão instituídos pela Reserva
fomentam a consciência comum sobre o
território, inclusive sobre os conflitos de
apropriação dos recursos pesqueiros e, também,
possibilitam conexões sociais novas para as
populações.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/raf.v11i2.5326

Apontamentos

  • Não há apontamentos.