Logo do cabeçalho da página Agricultura Familiar: Pesquisa, Formação e Desenvolvimento

A Terra Imbolada, o direito traçado: estratégias de reprodução do patrimônio familiar no Médio Jequitinhonha

Raquel Oliveira Santos Teixeira

Resumo

As “terras de herança” do Médio Jequitinhonha se constituíram a partir de relações que articularam processos e modalidades hegemônicas de apropriação do espaço às formas locais colonizadas de produção dos “territórios sociais”. A exposição às experiências históricas de expropriação e a exiguidade de seu território conformaram um quadro de intenso agenciamento sobre a disposição e a transmissão da terra, compondo uma gramática local de costumes sucessórios orientados para a garantia da reprodução social das famílias. Estas localidades compreendem, hoje, domínios espaciais de pertencimento reconstruídos
politicamente no campo silencioso e cotidiano da gestão de seus recursos. O ensaio procura examinar as práticas costumeiras de gestão desses
territórios, sobretudo, suas estratégias sucessórias assentadas sob um conhecimento prático, costumeiro e localizado cujas expressões tomam
a forma de disposições éticas e afetivas assimiladas ao discurso genealógico e à memória coletiva, registros que asseveram a legitimidade
de seus direitos territoriais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/raf.v11i2.5416

Apontamentos

  • Não há apontamentos.