Cabeçalho da página

TESTE DE DIFERENÇAS DE GÊNERO NA DEPRECIAÇÃO POR ATRASO DE DIFERENTES BENS USANDO UMA AMOSTRA DE UNIVERSITÁRIOS

Jeffrey N. Weatherly, Heather K. Terrell

Resumo

Muitos estudos investigaram como indivíduos depreciam pagamentos atrasados, mas poucos, se alguém o fez, estudaram explicitamente se existem diferenças de gênero na depreciação. O presente estudo solicitou a uma amostra de universidade para completar uma tarefa de depreciação, que inclui bens como cigarrros, dois valores em dinheiro, imagem corporal ideal e o par perfeito. Diferenças de gênero significativas foram observadas para a depreciação de US$100,00 e imagem corporal ideal, com as mulheres exibindo um maior grau de depreciação do que os homens. A análise fatorial das medidas de depreciação com atraso entre os diferentes bens resultou em uma estrutura similar de fatores entre os gêneros, sugerindo que ainda que os gêneros possam às vezes diferir em como eles depreciam consequências específicas, essas diferenças estão ligadas a variáveis de estado, não de traço.Palavras-chave: Depreciação por atraso; Diferenças de gênero; Dinheiro, Imagem corporal, Análise fatorial; Amostra de universitários


Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v6i2.1120