Cabeçalho da página

O QUE ACONTECE DURANTE O PERÍODO DE ESPERA? CONTRIBUIÇÕES PARA O ESTUDO DO AUTOCONTROLE

Luiz Antonio Bernardes, Nilza Micheletto

Resumo

Este estudo verificou os efeitos do controle social sobre o comportamento de autocontrole em crianças. Os participantes foram distribuídos em três condições de espera: "sozinha", "fantoche" com possível função de audiência, e "duplas". Elas deveriam esperar 15 minutos pelo retorno do experimentador para obter dois chocolates ou tocar um sino para chamar o experimentador e receber apenas um. Crianças da condição "sozinho" foram as que menos esperaram. A categorização das respostas no período de espera indicou que o menor número de respostas por minuto ocorreu para os que não esperam. Nas "duplas", houve maior quantidade de respostas nas diferentes categorias, maior variabilidade no responder e pôde-se identificar que o outro dispõe consequências adicionais às manipuladas pelo indivíduo, favorecendo o autocontrole.

Palavras-chave: autocontrole, reforçador imediato, reforçador atrasado, controle social, análise do comportamento, crianças 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v11i1.1192