Cabeçalho da página

DISCRIMINAÇÕES CONDICIONAIS ENTRE ESTÍMULOS VISUAIS E TESTES DE SIMETRIA EM MELIPONAS

Antonio Mauricio Moreno, Julia Zanetti Rocca, Luiz Marcelino de Oliveira, Deisy das Graças de Souza

Resumo

Oito melíponas (Melipona quadrifasciata) foram expostas a uma versão adaptada do procedimento de emparelhamento arbitrário com o modelo (matching-to-sample) em que a presença ou ausência de luz era empregada como estímulo condicional e as cores azul e amarelo como estímulos discriminativos. As cores eram apresentadas por semicírculos de material emborrachado sustentados por duas caixas retangulares de madeira, cada uma posicionada sobre uma caixa experimental a uma distância de 15 cm uma da outra. Cada lâmpada estava localizada sobreumadascaixas. As caixas experimentais eram de material acrílico com um painel superior de alumínio. Cada caixa era equipada com um alimentador operado externamente por uma haste e possuía um conjunto de pequenos orifícios no painel de alumínio que davam acesso ao xarope. Uma abelha podia voar da colméia para o aparato experimental e obter o xarope condicionalmente ao pouso direto sobre o estímulo de comparação definido como S+ em uma tentativa particular. Depois de instalada a linha de base, foram conduzidas sondas de simetria em extinção, intercaladas com tentativas de linha de base. Nas sondas, os discos coloridos tinham a função de estímulos condicionais (as duas caixas mostravam os discos de uma mesma cor, azul ou amarelo) e a presença e a ausência de luz eram usadas como estímulos discriminativos. As discriminações condicionais foram estabelecidas com todas as abelhas e seis entre as oito abelhas alcançaram o critério de simetria emergente (ao menos cinco tentativas entre seis). Estesresultadosestendemachadospréviossobrediscriminaçõescondicionaiseemparelhamento de identidade em abelhas. Contudo, no presente procedimento os estímulos tinham posição fixa, o que permite questionar se os comportamentos observados revelam propriedades simétricas (emergentes) ou apenas o controle por componentes de estímulos compostos (diretamente aprendidos).

 Palavras-chave: discriminação condicional, simetria, abelhas (Melipona quadrifasciata).


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v1i2.1924