Cabeçalho da página

EFEITOS DE UM AMBIENTE VIRTUAL E DO TIPO DE CONSEQUÊNCIAS SOBRE A APRENDIZAGEM DE DISCRIMINAÇÕES SIMPLES EM PRÉ-ESCOLARES

Vanessa Ayres Pereira, Daniela de Souza Canovas, Deisy das Graças de Souza

Resumo

 

Este estudo avaliou os efeitos de um ambiente virtual e do tipo de consequência para acertos, sobre o processo de aprendizagem e a reversão de discriminações simples visuais, e sobre a manutenção de pré-escolares em situação experimental. O ambiente virtual era um cenário dinâmico apresentado na tela do computador, que simulava uma floresta com árvores sobre as quais eram posicionados os estímulos. Os experimentos 1 e 2 compararam os efeitos das condições A e B. Ambas empregaram o ambiente virtual, porém, como consequência para cada resposta correta, na Condição A eram exibidos trechos de vídeos de desenhos animados, e na Condição B, uma breve animação de estrelas coloridas com sons. Os resultados dos experimentos apontaram que o emprego de vídeos produziu menos erros e manteve as crianças engajadas em situação experimental. O Experimento 3 comparou os efeitos das condições A e C. Ambas empregaram vídeos como consequências para acertos; porém, na Condição A o cenário era o ambiente virtual, e na Condição C, um fundo branco e estático. Os resultados indicaram que os cenários não tiveram efeitos diferenciais sobre as variáveis consideradas dependentes. Em conjunto, os resultados indicaram que os tipos de consequências foram mais determinantes da aprendizagem do que o emprego do ambiente virtual.

Palavras-chave: ambiente virtual, reforço, discriminação simples, reversão de discriminação, crianças. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v10i1.2012