Cabeçalho da página

REFORÇAMENTO POSITIVO DA VARIABILIDADE E DA REPETIÇÃO IMUNIZA CONTRA O DESAMPARO APRENDIDO

Maria Helena Leite Hunziker, Fernando Nunes Manfré, Marcos Takashi Yamada

Resumo

Esse estudo investigou se o reforçamento positivo da variação ou da repetição pode imunizar o sujeito contra o desamparo aprendido. Ratos foram divididos em três grupos, dois deles submetidos a 10 sessões de reforçamento positivo (variação ou repetição) e o terceiro sem esse tratamento. Em seguida, cada grupo foi subdividido em três, expostos a choques controláveis, incontroláveis ou nenhum choque, e posteriormente testados sob uma contingência de fuga. Os animais expostos apenas a choques incontroláveis apresentaram dificuldade de fuga (desamparo aprendido), enquanto os demais aprenderam normalmente essa resposta; os sujeitos submetidos ao reforçamento positivo antes dos choques incontroláveis não apresentaram dificuldade de aprendizagem de fuga (efeito de imunização), independentemente do padrão reforçado: variar ou a repetir. Esses resultados sugerem que o reforçamento positivo pode imunizar os sujeitos contra o desamparo aprendido, quer seja contingente à variação ou à repetição comportamental. Palavras-chave: desamparo aprendido, efeito de imunização, variabilidade operante, repetição operante


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v2i1.802