Cabeçalho da página

EMOTIONS AND EMOTIONAL BEHAVIOR: A CONSTRUCTIONAL APPROACH TO

T. V. Joe Layng

Resumo

A distinção entre emoção e comportamento emocional é uma diferenciação importante que não tem sido feita amplamente. Apesar das muitas abordagens existentes para emoção, a abordagem utilizada aqui é baseada em uma análise de contingência conseqüencial. Emoção é tratada não como uma causa do comportamento, nem causada pelo comportamento. Em vez disso, tanto o comportamento quanto a emoção (um evento privado especificamente) são considerados como função de contingências de seleção. O objetivo não é mudar emoções, mas tornar o cliente sensível a elas, e dessa maneira às contingências das quais elas são função. Quando alguém age mostrando características comportamentais e fisiológicas tipicamente associadas com uma emoção, a evidência pública é tratada como comportamento emocional. Um exemplo construído sobre uma forma de comportamento agressivo é utilizado para ajudar a fazer a distinção entre emoções e comportamento emocional, e fornece uma ilustração da transição de emoção como um descritor de uma contingência conseqüencial para o comportamento emocional que é  mantido pelas próprias conseqüências. Uma vez que emoção muda para comportamento emocional, a emoção privada sentida pode não ser mais indicativa da contingência originária da qual ela era um descritor, mas em vez disso pode ser um componente necessário para alcançar o requisito da contingência.

Palavras-chave: emoções, comportamento emocional, agressão, contingência conseqüencial, eventos evocativos,
pontencializar


Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v2i2.810