Cabeçalho da página

ESTABELECIMENTO DO CONTROLE DE ESTÍMULOS E DO COMPORTAMENTO DE OBSERVAÇÃO POR DIFERENÇA DE CUSTO DE RESPOSTAS

Candido Vinicius Bocaiuva Barnsley Pessôa, Tereza Maria de Azevedo Pires Sério

Resumo

Definindo-se comportamento de observação como aquele que produz estímulos discriminativos para outro comportamento, foi realizado um experimento em que a principal variável manipulada foi o custo relativo entre as respostas de observação e as do outro comportamento (de produção). Foram registradas as respostas nos dois comportamentos em diferentes esquemas de reforçamento. Seis pessoas adultas foram divididas em dois grupos. Os participantes do Grupo 1 foram primeiro expostos a um esquema múltiplo. Durante os componentes de reforçamento, pressões em um botão produziam pontos que eram trocados por dinheiro ao final da sessão. Após atingir um índice de discriminação de 0,9 ou mais por três ou mais sessões consecutivas, eles seriam expostos a um esquema misto, com possibilidade de emissão de respostas de observação em outro botão. Os participantes do Grupo 2 foram expostos diretamente a esta segunda condição. Os participantes do Grupo 2 atingiram índices de discriminação maiores que os do Grupo 1, principalmente após o estabelecimento de uma resposta de observação com um custo inferior ao da resposta que produzia pontos. Discute-se a relevância da análise do custo entre as respostas no estabelecimento do comportamento de observação e do controle de estímulos. Palavras-chave : comportamento de observação, resposta de observação, custo de resposta, atenção, controle de estímulos, humanos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v3i2.832