Cabeçalho da página

ALGUMAS RELAÇÕES ENTRE BEHAVIORISMO RADICAL E DETERMINISMO: UMA ANÁLISE DE PUBLICAÇÕES DE DIFERENTES AUTORES

Rodrigo Pinto Guimarães, Nilza Micheleto

Resumo

Esta pesquisa analisou artigos publicados em periódicos nacionais e estrangeiros entre 1972 e 2008 que abordam as relações entre Behaviorismo Radical e determinismo. As definições de determinismo e os tipos de relações estabelecidas entre Behaviorismo Radical e determinismo foram analisadas. Mais publicações sobre o tema ocorreram a partir do fim da década de 80 até o início da década atual. As duas definições mais comuns de determinismo encontradas foram as que definem determinismo em termos do modelo causal do mecanicismo e do modelo causal de seleção por conseqüências. Sete tipos diferentes de relações estabelecidas entre behaviorismo radical e determinismo foram identificadas; exceto a primeira relação todas as outras expressam algum tipo de posição determinista: 1) negação do determinismo; 2) afirmação do determinismo; 3) aproximação do mecanicismo; 4) afastamento do mecanicismo; 5) afastamento de modelos causais teleológicos; 6) aproximação de modelos que buscam em variáveis ambientais externas ao organismo as causas do comportamento e 7) alinhamento do behaviorismo radical com modelos de determinação que consideram diferentes níveis de determinação. Afastamento dos modelos mecanicistas foi a relação mais comum identificada nos artigos Palavras-chave: Behaviorismo Radical, determinismo, Skinner


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v4i1.845