Cabeçalho da página

SAÚDE MENTAL E INTERVENÇÕES PSICOLÓGICAS DURANTE A PANDEMIA DA COVID-19: UM PANORAMA

Elizeu Borloti, Verônica Bender Haydu, Nádia Kienen, Marcela Roberta Jacyntho Zacarin

Resumo

Impactos da COVID-19 sobre a saúde mental foram considerados no presente estudo, com o objetivo de avaliar aspectos relativos ao controle da disseminação da doença, à adesão aos procedimentos de tratamento e de prevenção, e às intervenções psicológicas de escolha. Foi realizada uma revisão narrativa da literatura, tendo sido abordadas descrições do impacto de epidemias no comportamento e na saúde mental da população em geral e dos profissionais da saúde. Além disso, foram descritas as intervenções psicológicas de escolha aos principais problemas de saúde mental em pandemias, incluindo aspectos gerais de sua aplicação remota. Os sintomas e transtornos mais frequentemente observados e que requerem intervenções são estresse agudo, estresse pós-traumático e desregulação emocional (envolvendo ansiedade, raiva e depressão). É relevante enfatizar contingências envolvendo a incontrolabilidade dos fatos e a gravidade dos eventos como precipitantes ou potencializadores desses sintomas e transtornos. Portanto, elas devem ser consideradas por aqueles que usam a mídia para promover mudanças no comportamento da população em relação a doenças infecciosas pandêmicas. Esses resultados revelam a importância da prevenção da contaminação, do tratamento médico das pessoas infectadas e do apoio psicológico às famílias e aos profissionais de saúde.

Palavras-chave: COVID-19; saúde mental; adesão; tratamento psicológico.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v16i1.8885