Cabeçalho da página

ANSIEDADE EM IDOSOS EM TEMPOS DE ISOLAMENTO SOCIAL NO BRASIL (COVID-19)

Franciso Edimar do Nascimento Júnior, Daniely Ildegardes Brito Tatmatsu, Rayanne Gabrielle Torquato de Freitas

Resumo

O contexto de pandemia estabelecido pela disseminação do vírus SARS-CoV-2 demandou um conjunto de ações preventivas em nível global. No Brasil, a elevada taxa de contaminação e mortalidade contextualiza a demanda por adoção de medidas preventivas mais rígidas. Este cenário pode afetar mais intensamente o público idoso, uma vez que, a desconexão social é diretamente proporcional à ocorrência de casos de ansiedade. Com base na literatura, são apresentadas três estratégias analítico-comportamentais que podem ser realizadas com idosos no contexto de pandemia, de modo a diminuir a possibilidade de contato com estimulação aversiva, possivelmente ansiogênica, além de tentar manter ou ampliar o acesso a possíveis reforçadores: (1) a aprendizagem de habilidades digitais, (2) a dosagem das informações consumidas e (3) a adaptação de atividades físicas para o ambiente doméstico. Conclui-se ressaltando a escassez de publicações sobre a temática de ansiedade em idosos na perspectiva da análise do comportamento e a importância de se inserir nesse campo de pesquisa e atuação.

Palavras-chave: COVID-19; isolamento social; ansiedade; idosos, Análise do Comportamento.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v16i1.9097