Cabeçalho da página

EFEITOS DE INSTRUÇÕES PRELIMINARES, ESPECÍFICAS E MÍNIMA SOBRE UMA TAREFA EXPERIMENTAL E SEGUIMENTO DE INSTRUÇÕES

Ronaldo Rodrigues Teixeira Júnior, Carla Cristina Paiva Paracampo

Resumo

Estudos sobre regras têm mostrado que alterações em trechos de diferentes tipos de instruções podem interferir no desempenho de participantes de pesquisa. O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da apresentação de instruções preliminares, específicas e mínima sobre a realização de uma tarefa experimental e seguimento de instruções. Seis estudantes universitários foram expostos a um procedimento de escolha de acordo com o modelo, fazendo-se uso de um delineamento de sujeito como seu próprio controle. Os participantes foram divididos em duas condições que diferiam quanto ao tipo de instrução específica apresentada (correspondente ou discrepante). Nas Fases 1 e 2, os participantes não recebiam nenhuma instrução preliminar e eram expostos a instruções mínimas e específicas, de acordo com sua condição. Nas Fases 3 e 4, os mesmos participantes eram expostos a fases idênticas às anteriores, mas após terem recebido instruções preliminares, que incluíam descrições da tarefa, materiais e consequências. Os resultados mostraram que o fornecimento de instruções preliminares favoreceu a realização da tarefa e o seguimento de instruções, principalmente entre participantes que receberam instruções correspondentes. Esses dados sugerem que novos trechos de instruções preliminares precisam ser investigados para conhecer seus efeitos. Palavras-chave: instruções preliminares, instruções específicas, instrução mínima, escolha de acordo com o modelo, estudantes universitários.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v6i1.995