Cabeçalho da página
<p><span><br /></span></p><p><span>Imagem da capa:</span></p><p><span>Autor: Alan Crhistian Alvão</span></p><p><span>Título: Pescadores artesanais de rede escorada (estacada), Pará, Brasil</span></p>

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO COMBATE AO COMÉRCIO ILEGAL DA AVIFAUNA SILVESTRE EM SERGIPE

Jorge Manso Rocha, Alessandra de Santana, Anderson Eduardo dos Santos, Jade Kinberlyn de Jesus Sales, Jéssica Dayanne Santos, João da Cruz Filho, Luana Batista de Oliveira, Sara de Aragão Pinheiro, Thaysa de Medeiro Santana, Yanne Passos Britto

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de um projeto de extensão universitária que teve objetivo de conscientizar a população do Estado de Sergipe sobre os impactos negativos do tráfico da avifauna local, que ameaça a sobrevivência das espécies. Foram realizadas palestras em escolas, entrevistas em rádios, distribuições de panfletos e folhetos de cordel em bairros residenciais, escolas e centros comerciais das principais cidades do Estado.  A redução na comercialização de aves silvestres em feiras livres, a recusa das lojas agropecuárias em comercializar gaiolas para aves silvestres e a soltura de aves silvestres pelos “criadores de passarinhos” renegados foram alguns dos resultados alcançados neste trabalho.


Palavras-chave

avifauna; extinção; tráfico; passarinhos; educação ambiental


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/ethnoscientia.v2i1.10179

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Ethnoscientia - Brazilian Journal of Ethnobiology and Ethnoecology

             

ISSN 2448-1998