Cabeçalho da página

AGRICULTURA TRADICIONAL AMAZÔNICA: SISTEMAS DE CULTIVO HUNI KUI DA TERRA INDÍGENA KAXINAWÁ DE NOVA OLINDA, ACRE, BRASIL.

Tomaz Ribeiro Lanza, Lin Chau Ming, Moacir Haverroth, Almecina Balbino Ferreira

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo caracterizar os sistemas de cultivo e práticas agrícolas utilizados pelas famílias da Terra Indígena Kaxinawá de Nova Olinda (TIKNO), localizada no município de Feijó, Acre, Brasil. A pesquisa foi realizada entre 2016 e 2020, onde foram realizadas entrevistas semiestruturadas e visitas nas áreas de produção de 35 famílias da terra indígena. Os dados coletados foram processados e avaliados por meio de análises descritivas e qualitativas, caracterizando-se quatro principais sistemas de cultivo: roçado tradicional, bananal, cultivo de praia e quintal agroflorestal, cada um com características técnicas, econômicas e culturais particulares. Foram descritas as etapas de preparo de cada um dos sistemas de cultivo, a época do ano mais adequada para cada etapa e as principais culturas agrícolas presentes em cada sistema. Foi possível identificar uma complexa rede de conhecimentos associados à agricultura e gestão da agrobiodiversidade pelas famílias da TIKNO, alinhados a um profundo conhecimento dos aspectos ecológicos locais e da cosmovisão dessa população. Concluiu-se que essas práticas e sistemas agrícolas essencialmente agroecológicos contribuem significativamente para a manutenção da biodiversidade local e soberania alimentar dessas famílias, bem como para a preservação dos conhecimentos tradicionais associados e conservação da biodiversidade regional.


Palavras-chave

Agroecologia; agrobiodiversidade; agroecossistemas; bioma amazônico; povos indígenas


Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, U.P.; ANDRADE, H.C.L. Uso de recursos vegetais da caatinga: o caso do agreste do estado de Pernambuco (Nordeste do Brasil). Interciencia, v.27, n.7, p.336-346, 2002. Disponível em: < https://www.redalyc.org/pdf/339/33907002.pdf > Acesso em: 15 nov. 2020.

AQUINO, T.T.V.D.; IGLESIAS, M.P. Kaxinawá do rio Jordão. História, território, economia e desenvolvimento sustentado. Rio Branco: Comissão Pró-Índio do Acre. 1994.

BIANCHINI, P.C.; BIANCHINI, F.; MILLER, P.R.M. Agrobiodiversidade no Acre: um exemplo da agricultura dos Kaxinawá do Rio Humaitá. In: SIVIERO, A.; SANTOS, R.C.DOS; MATTAR, E.P.L. (Org.). Conservação e tecnologias para o desenvolvimento agrícola e florestal no Acre. Rio Branco, AC: Ifac. p. 263-291, 2019

BITOCCHI, E.; NANNI, L.; BELLUCCI, E.; ROSSI, M.; GIARDINI, A.; ZEULI, P. S.; ... & Papa, R. Mesoamerican origin of the common bean (Phaseolus vulgaris L.) is revealed by sequence data. Proceedings of the National Academy of Sciences, v.109, n.14, p.E788-E796, 2012. Disponível em: < https://www.pnas.org/content/109/14/E788.short >. Acesso em: 10 nov. 2020.

DOS SANTOS, L.S.; DOS SANTOS, T.A.; MATTAR, E.P.L.; DA CRUZ, L.R.; SIVIERO, A. Eficiência agronômica de Bradyrhizobium inoculado em feijão-caupi sob cultivo em praia na Amazônia Ocidental. In: Anais do Congresso Nacional De Feijão-Caupi. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará. 2019

FREITAS, A.V.L.; COELHO, M.D.F.B.; MAIA, S.S.S.; DE AZEVEDO, R.A.B. 2012. Plantas medicinais: um estudo etnobotânico nos quintais do Sítio Cruz, São Miguel, Rio Grande do Norte, Brasil. Revista Brasileira de Biociências, v.10, n.1, 48. 2012. Disponível em: < https://www.seer.ufrgs.br/rbrasbioci/article/view/115602 >. Acesso em: 07 out. 2021.

FUNAI. Terras Indígenas do Brasil. Ministério da Justiça e Segurança Publica. Recuperado de: http://www.funai.gov.br/index.php/indios-no-brasil/terras-indigenas. 2019

GARNETT, S. T.; BURGESS, N. D.; FA, J. E.; FERNÁNDEZ-LLAMAZARES, Á.; MOLNÁR, Z.; ROBINSON, C. J.; ... & LEIPER, I. A spatial overview of the global importance of indigenous lands for conservation. Nature Sustainability, v.1,n.7, p.369-374, 2018. Disponível em: . Acesso em: 25 out. 2020.

HARLAN, J. R. The living fields: our agricultural heritage. Cambridge University Press,1998, 271 p.

HOMMA, A. Amazônia: em favor de uma nova agricultura. Terceira Margem, v. 1, n. 5, p. 19-34. Disponível em: < http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1048520 >. Acesso em: 07 out. 2021.

HUNTINGTON, H.P. Using traditional ecological knowledge in science: methods and applications. Ecological applications, v.10, n.5, p.1270-1274, 2000. Disponível em: < https://esajournals.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1890/10510761(2000)010[1270:UTEKIS]2.0.CO;2 >. Acesso em: 02 abr. 2019.

LIMA, M.R.; SANTOS, M.R.A. Aspectos etnobotânicos da medicina popular no município de Buritis, Rondônia. Revista Fitos, v.2, p.36-41, 2006. Disponível em: < https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/18397/2/6.pdf >. Acesso em: 15 jan. 2020.

LINTEMANI, M.G.; LOSS, A.; MENDES, C.S.; FANTINI, A.C. Long fallows allow soil regeneration in slash‐and‐burn agriculture. Journal of the Science of Food and Agriculture, 100(3), 1142-1154. 2020. Disponível em: < https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/jsfa.10123 >. Acesso em: 18 set. 2021.

NODA, H.; Do Nascimento Noda, S. Agricultura familiar tradicional e conservação da sócio-biodiversidade amazônica. Interações (Campo Grande). v. 4, n. 6. 2003. Disponível em: < https://www.interacoes.ucdb.br/interacoes/article/view/559 >. Acesso em: 18 set. 2021.

PIMENTEL, D.; WIGHTMAN, A. Economic and environmental benefits of agroforestry in food and fuelwood production. Agroforestry in sustainable agricultural systems, p.295-317, 1999. Disponível em: < https://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.458.9810&rep=rep1&type=pdf#page=303 >. Acesso em: 18 nov. 2020.

PIPERNO, D.R. The origins of plant cultivation and domestication in the New World tropics: patterns, process, and new developments. Current anthropology, v.52, n.S4, p.S453-S470, 2011. Disponível em: < https://www.journals.uchicago.edu/doi/abs/10.1086/659998 >. Acesso em: 07 nov. 2019.

POSEY, D.A. Indigenous management of tropical forest ecosystems: the case of the Kayapo Indians of the Brazilian Amazon. Agroforestry systems, v.3, n.2, p.139-158, 1985.

TONIOLO, A.; UHL, C. Economic and ecological perspectives on agriculture in the eastern Amazon. World Development, v.23, n.6, p.959-973, 1995.




DOI: http://dx.doi.org/10.18542/ethnoscientia.v7i4.12776

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Ethnoscientia - Brazilian Journal of Ethnobiology and Ethnoecology

             

ISSN 2448-1998