Nova Revista Amazônica

Foco e Escopo

A Nova Revista Amazônica é um periódico quadrimestral do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Linguagens e Saberes na Amazônia, Campus Universitário de Bragança, Universidade Federal do Pará, Bragança - dedicado à publicação de trabalhos na área de Saberes e Linguagens, privilegiadamente nas linhas de pesquisa:

1. Narrativas e imagens na Amazônia;

2. Educação, imagens e culturas na Amazônia e,

3. Saúde e sociobiodiversidade na Amazônia.

Dialogando, de maneira interdisciplinar, com diversas áreas da ciência e outros conhecimentos, que perpassam por diferentes expressões históricas, políticas, estéticas e artísticas, a Nova Revista Amazônica publica trabalhos que tenham o intento de:

Estudar, a partir de movimentos endógenos e exógenos, as diversas representações e práticas que perfizeram e perfazem as várias configurações das culturas da/na Amazônia, mediante a compreensão das diferentes formações discursivas, em diferentes linguagens, e suas correspondentes condições sociais e históricas de produção, tendo como objetivos fundamentais:

I - investigar as diferentes formas discursivas, em diferentes linguagens, sobre e na Região Amazônica;

II - mapear e compreender as imbricações epistemológicas dos saberes locais e saberes universais, a partir da tensão entre as componentes internacionais, nacionais e regionais, coloniais e pós-coloniais;

III - estabelecer a descentralização da produção de conhecimentos sobre a Amazônia;

IV - propor estudos críticos da realidade local;

V - propor práticas interdisciplinares de estudo das realidades locais;

VI - fomentar propostas de coparticipação entre academia e comunidade no equacionamento de tensões e conflitos sociais e culturais.

A revista publica textos originais e inéditos em português, espanhol e inglês. Adota a avaliação anônima por pares (peer review) para trabalhos submetidos às seções: dossiês temáticos e com artigos originais e de revisão, resenhas, traduções e entrevistas, ensaios etnofotográficos, vídeos etnográficos, crônicas etnográficas e, eventualmente, volumes especiais e/ou suplementos.

 

 

 

Políticas de Seção

Sumário

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Amazônia

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Seção Livre

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas, Traduções e Entrevistas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Crônica Etnográfica

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ensaio Etnográfico

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Vídeo Etnográfico

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Processo de Avaliação pelos Pares

A Nova Revista Amazônica NRA adota os seguintes procedimentos durante o processo de avaliação dos manuscritos submetidos:

1.  A Equipe Editorial da revista verifica se o manuscrito está de acordo com as condições de submissão, podendo ser solicitada uma nova submissão, adequada às regras, se for o caso.

2. O Editor Chefe  verificará se o manuscrito se enquadra no perfil metodológico e interdisciplinar da revista, podendo ser rejeitado ou encaminhado para os avaliadores anônimos.

3. Serão designados 2 (dois) avaliadores, de acordo com o tema do manuscrito com avaliação anônima por pares (peer review) para a análise dos artigos submetidos à publicação. Os trabalhos são avaliados por dois consultores especialistas no(s) tema(s) tratado(s), cujos pareceres recomendam: a) aprovação sem alterações; b) aprovação após alterações; c) rejeição. No segundo caso, recomenda-se ao(s) autor(es) acatar(em) as sugestões, para posterior avaliação final e aprovação pelo editor científico. O processo de avaliação tem duração em média de quatro  a 10 meses, podendo ser maior, conrforme o fluxo de submissões. Os trabalhos são publicados no número subsequente à data de aprovação respeitando os critérios de tempo de editoração.


 

Periodicidade

Os itens da revista são publicados em um número fechado, ora a partir da organização de professores convidados, ora por meio de chamada no portal da revista. A publicação é quadrimestral, podendo haver publicações especiais.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

Idiomas de Publicação/Publishing Languages

A revista publica textos originais e inéditos em português, espanhol e inglês. Contudo o Resumo para publicações que não sejam o português deverá estar também neste idioma.

 

Termo de Responsabilidade/Statement of responsibility

Os autores que submeterem trabalhos assumem total responsabilidade pelo seu conteúdo e declaram, automaticamente, que os demais autores concordam com o manuscrito e com as regras da Nova Revista Amazônica. Assim os conteúdos publicados são de inteira e exclusiva responsabilidade de seus autores, ainda que reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas editoriais.

 

Co-autoria/Co-authorship

Os manuscritos submetidos devem conter autoria de no máximo três autores. A co-autoria implica em participação em todas as fases de sua produção.

 

Ética e boas práticas de publicação

CÓDIGO DE CONDUTA E DE BOAS PRÁTICAS DE PUBLICAÇÃO DA NOVA REVISTA AMAZÔNICA (ISSN 2318-1346)

 

COMMITTEE ON PUBLICATION ETHICS (COPE)

 

O código de conduta e de boas práticas de publicação da Nova Revista Amazônica (ISSN 2318-1346) foi criado com base nas orientações do Fórum Internacional de Editores do COMMITEE ON PUBLICATION ETHICS (COPE) e estabelece políticas editoriais que versam sobre ética e condutas de boas práticas acadêmicas, que versa sobre as seguintes dimensões: a) autoria e coautoria; b) orientações sobre reclamações e recursos; c) conflitos de interesse, compartilhamento de dados e informações; d) supervisão ética de publicação; e) propriedade intelectual; e f) opções para discussões e correções pós-publicação.   

AUTORES

Sobre a originalidade das produções científicas

Todo manuscrito submetido à Nova Revista Amazônica- NRA deve ser inédito e não ter sido submetido a outro periódico. O (s) autor (s) assume o compromisso de submeter o manuscrito de acordo com as boas práticas de publicação, assegurando a originalidade do trabalho.

As citações devem ser devidamente referenciadas no corpo do texto, de acordo com as normas e diretrizes para autores. A prática de plágio é crime, conforme descrito na Lei 9. 610/98 . A NRA adotará o uso de softwares de detecção de plágio, e em caso de plágio comprovado, a revista se reserva o direito excluir o texto da publicação.

Órgãos de Fomento

Em se tratando de submissão de trabalhos como capítulos de dissertação e de tese, bem como relatos e artigos que comuniquem resultados de pesquisa que receberam financiamento público ou privado para a sua execução, os autores estão obrigados a informar no texto, em nota de rodapé, os órgãos que financiaram o trabalho.

Autoria e colaboração

São considerados autores aqueles que deram uma contribuição significativa para a concepção, projeto, execução, escrita e interpretação do trabalho submetido. Em se tratando de co-autoria, o crédito ao primeiro autor e aos demais autores do texto deve estar baseado no mérito científico e na contribuição dada ao artigo, independente do status ou titulação dos/as autores. Todos os autores e coautores devem estar cientes da submissão do trabalho à revista. Definições outras sobre autoria e coautoria podem ser acessadas AQUI

Pedidos de revisão

Caso o(s) autor(es) considere(m) o parecer do avaliador inadequado ou inconsistente, o (s) proponente(s) poderão pedir revisão, desde que encaminhem ao editor responsável pela submissão uma carta com seus argumentos. Em seguida, o recurso será avaliado pelo corpo editorial da revista, conforme orientações disponíveis AQUI   

Autorizações

Os autores mantêm as permissões de direitos autorais para reproduzir texto, ilustração ou fotografia. Ao ter seu manuscrito aprovado para publicação, os autores transferem seus direitos autorais ao periódico, e concedem à Nova Revista Amazônica o direito de primeira publicação do manuscrito, autorizando-a a publicá-lo por meio impresso, eletrônico, CD-ROM e/ou internet ou outro meio conhecido.

Ao submeter manuscritos com base em pesquisas envolvendo seres humanos, os autores devem adotar os procedimentos éticos da sua área de atuação, de acordo com as orientações dos Comitês de Ética na Pesquisa de suas instituições ou países, quando for o caso.

PARECERISTA

Função

É atribuição do avaliador/parecerista a avaliação do mérito acadêmico e cientifico do texto submetido ao sistema da revista, indicando se o manuscrito deve ou não ser publicado. Sua avaliação deve considerar, entre outras dimensões, a originalidade da pesquisa, a adequação da submissão ao foco e escopo da revista e/ou ao dossiê temático, a consistência metodológica, o rigor científico, a qualidade e a correção da redação, atualidade do tema e a pertinência do referencial teórico adotado pelo autor. O avaliador/parecerista também pode colaborar com a identificação de plágio e autoplágio nos textos submetidos.

Confidencialidade

Os manuscritos serão submetidos à avaliação por pares cega, de pelo menos dois pareceristas, que não serão informados sobre a autoria do texto que está sendo avaliado, o que garante maior imparcialidade na avaliação. O avaliador/parecerista deve tratar os documentos como confidenciais e nunca discutir com terceiros sobre o texto antes que o manuscrito seja publicado.

Qualificação

A Nova Revista Amazônica possui um quadro próprio de avaliadores que são professores doutores nas áreas de conhecimento da revista. A NRA poderá convidar avaliadores Ad Hoc em casos específicos para avaliar a submissão e emitir parecer sobre determinado texto tendo em vista sua afinidade com o tema, a disponibilidade para cumprimento dos prazos do editorial e a não existência de conflitos de interesses.

Retorno ao autor

Os manuscritos submetidos ao processo de avaliação do periódico serão remetidos aos autores, acompanhados com o devido parecer dos avaliadores, que por sua vez, poderão recomendar o aceite da publicação, indicar correções obrigatórias, recomendar nova submissão para avaliação, orientar submissão à outra revista, rejeitar ou ver comentários. O parecer do avaliador será encaminhado em primeiro lugar ao editor responsável pela submissão e parte dele para o contato com o autor para comunicação dos resultados da avaliação.

EDITORES

Publicação

A Nova Revista Amazônica possui uma equipe técnica de editoria formada por discentes de pós-graduação strictu sensu e egressos do Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia - PPLSA da Universidade Federal do Pará. A revista conta ainda com dois conselhos, um editorial e outro científico, composto por pesquisadores de diferentes instituições de pesquisa do Brasil e do Exterior que juntamente com o editor-chefe, são responsáveis por assegurar a integridade do processo de avaliação.

Todos os componentes do editorial devem obedecer às exigências legais em vigor sobre violação de direitos autorais e plágio. Devem guardar segredo profissional de quaisquer informações sobre os textos originais submetidos ao editorial, discutindo apenas com os respectivos autores e com os pareceristas.

Além disso, os editores devem guardar igual sigilo com relação a nomes de pessoas, instituições e endereços (eletrônicos ou postais) informados à revista, que devem ser utilizados exclusivamente para fins de divulgação científica e nunca para outras finalidades.

É atribuição dos editores informar aos autores sobre os pareceres nos casos de: aceite para publicação, bem como a edição em que o artigo será publicado; rejeição da submissão, comunicando aos autores o resultado, de modo construtivo, a fim de contribuir para o melhoramento da pesquisa, a fim de que o autor possa fazer outras submissões.

A decisão final sobre o mérito do trabalho submetido é de responsabilidade da equipe editorial, após manifestação dos pareceristas. Por fim, é tarefa dos editores, averiguar e tomar providências em caso de reclamações éticas feitas por terceiros sobre textos submetidos ou publicados pela revista.

Conflitos de interesse

O editor não deve ser responsável por submissões feitas por autores com os quais tenha conflitos de interesse por quaisquer razões, seja por razões competitivas, colaborativas ou outros relacionamentos.