Cabeçalho da página

Representações sociais de meio ambiente: um estudo com licenciandos de diferentes cursos da UEPA, campus Altamira

Marcilane de Jesus Silva, Geysiane Costa e Silva, Inês Trevisan

Resumo

O entendimento sobre o ambiente pode ter significado expressivo na prática social. Isso nos leva a questionar como acadêmicos de diferentes licenciaturas de uma universidade pública compreendem o meio ambiente. Com esta pesquisa, buscou-se analisar as representações sociais de meio ambiente de licenciandos da Universidade do Estado do Pará (UEPA), campus Altamira, estabelecendo um comparativo entre os diferentes cursos. A metodologia utilizada fez uso da técnica de evocação livre de palavras, baseada na Teoria do Núcleo Central, além da aplicação de questões subjetivas que foram submetidas à Análise de Conteúdo. Identificamos que os licenciandos dos cursos de Ciências Naturais/Biologia e Educação Física possuem representação de meio ambiente relacionada à conscientização e preservação da natureza, semelhantemente aos acadêmicos de Matemática. Já os licenciandos de Ciências Naturais/Química demonstraram uma concepção de meio ambiente como sinônimo de natureza vinculada aos problemas ambientais. Conclui-se que as representações sociais dos licenciandos estão relacionadas à abordagem ambiental vivenciada durante a graduação, podendo haver influências de outros grupos sociais, dos quais participaram ou participam. Consideramos importante que futuros professores compreendam o meio ambiente interdisciplinarmente, englobando os múltiplos aspectos relacionados a ele, uma vez que a representação social do educador possui relação direta com as suas práticas pedagógicas.


Palavras-chave

meio ambiente; representação social; licenciandos


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v11i21.2421

Direitos autorais 2014 CC-BY



Creative Commons License