Cabeçalho da página

Instrução de modelagem de David Hestenes: uma proposta de ciclo de modelagem temático e discussões sobre alfabetização científica

Ednilson Sergio Ramalho de Souza, Edilene Farias Rozal

Resumo

O trabalho pedagógico com modelagem matemática pressupõe investigar situações da realidade. Contudo, modelos mentais formados a partir do contato com o mundo vivencial geralmente são incompatíveis com os modelos conceituais. Assim, David Hestenes sustenta a tese de que um dos maiores desafios do ensino e da aprendizagem em ciências e matemática é coordenar modelos conceituais com modelos mentais, o que o levou à elaboração de uma didática em modelagem matemática: a Instrução de Modelagem. Nosso objetivo é apresentar uma proposta de ciclo de modelagem temático elaborada nos pressupostos hestenesianos e discutir sobre possibilidades para alfabetização científica. A questão principal foi saber como emergem indicadores para alfabetização científica durante o ciclo proposto. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica com a finalidade de identificar na literatura disponível as contribuições sobre o assunto e levantar possibilidade e desafios para o ensino brasileiro de ciências e matemática. Resultados preliminares indicam que o ciclo de modelagem proposto pode desenvolver indicadores para alfabetização científica de diferentes naturezas.


Palavras-chave

instrução de modelagem; ciclo de modelagem temático; alfabetização científica; ensino de ciências e matemática


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v12i24.3668

Direitos autorais 2016 CC-BY



Creative Commons License