Cabeçalho da página

O exame nacional de desempenho dos estudantes de Química: análise comparativa entre iniciantes e concluintes

Edenilza Mendonça de Santana, Edson José Wartha, Murilo de Medeiros Sampaio

Resumo

Este artigo faz uma classificação e análise das questões objetivas de formação geral do ENADE-2014 com base na taxonomia do pensamento crítico. A partir desta classificação, trabalhou-se com a variável de desempenho, correspondente às notas obtidas pelos estudantes nas questões, relacionando-a com outras três variáveis independentes: i) curso (bacharelado e licenciatura, considerando estudantes ingressantes e concluintes); ii) instituição (pública ou privada) e iii) escola (pública ou privada). Na análise destes pares empregou-se o teste de qui-quadrado a fim de identificar qual variável é mais relevante para o desempenho dos estudantes em questões que possivelmente demandam capacidades do pensamento crítico. Verificou-se que as questões de formação geral objetivas demandam capacidades do pensamento crítico para a sua resolução e que na variável curso, os estudantes concluintes de ambos cursos apresentam desempenho superior, na variável instituição, quando os estudantes são pertencentes a IES privadas, os estudantes concluintes da licenciatura apresentam um desempenho superior, já quando os estudantes são de IES públicas, os ingressantes apresentam um maior destaque no desempenho. Na variável escola, os estudantes de escolas públicas demonstram melhor desempenho quando são concluintes. Os estudantes que vieram de escolas privadas apresentam um desempenho superior quando são ingressantes.


Palavras-chave

pensamento crítico; testes de desempenho; competências e habilidades


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v14i32.5458

Direitos autorais 2018 Amaz RECM

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Creative Commons License