Cabeçalho da página

A pesquisa em espaços de educação não formal em ciências na Região Norte: o caso do Bosque da Ciência

Saulo Cezar Seiffert Santos, Marcia Borin da Cunha

Resumo

A pesquisa em espaços de educação não formal em ciências tem crescido no Brasil. Na Região Norte do Brasil muitos dos museus de ciências situam-se na floresta amazônica e possuem características próprias. Buscamos neste contexto realizar um estudo qualitativo bibliográfico sobre o Bosque da Ciência na cidade de Manaus-AM, análogo ao museu de ciências. Consultamos o Google Acadêmico e o site de um grupo de pesquisa em espaços não formais no Amazonas no período de 2010-2018. Localizamos 24 trabalhos completos publicados em revistas e anais. Os trabalhos sobre o Bosque são normalmente de descrição do espaço e de sequência didática, e possuem enfoque ontológico, com observação dos seres vivos e uso de painel informativo, representação fiel da natureza, com interação minds-on e heards-on, com pressupostos empiristas e construtivistas com área ambiental e ensino de ciências. Acreditamos que futuras pesquisas tendem a se dirigir a valorização da experiência humana e ao sócioconstrutivismo.


Palavras-chave

divulgação científica; educação não formal; Bosque da Ciência


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v14i32.5801

Direitos autorais 2018 Amaz RECM

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Creative Commons License